segunda-feira, 16 de julho de 2012

Olimpíadas: Jordan Larson conta como foi saber que vai para Londres



A norte-americana Jordan Larson mantém um blog no site da Mizuno dos EUA, patrocinadora da seleção feminina de vôlei, no qual compartilha com os fãs acontecimentos do seu dia a dia. Nesta segunda-feira, a jogadora contou como foi o momento que ficou sabendo que iria disputar as Olimpíadas de Londres. Hugh McCutcheon, junto de seus auxiliares, receberam todas as jogadoras em uma sala, uma a uma, para dar a notícia da convocação ou não para os Jogos de Londres. Confira abaixo nas palavras da ponteira norte-americana:

Meu momento


Quando eu penso sobre os últimos dias, muitas emoções me vêm à cabeça. Aquela coisa que você trabalhou tanto para conquistar, enfim, está se tornando realidade. Palavras não podem expressar a alegria tomou conta de mim quando eu ouvi que eu estava selecionada para os Jogos Olímpicos em Londres. Vou tentar recapitular aquela manhã para vocês.


Era dia 3 de julho às 8h30. Não teríamos treinos naquele dia porque tínhamos durante toda a manhã encontros para determinar as 12 meninas que fariam parte do grupo olímpico. Eu estava nervosa e ansiosa para meu horário, minha reunião, às 10h20. Acordei e fiz minha rotina normal, me vesti, comi e escovei meus dentes. Conversei no dia anterior com meu preparador físico para fazermos testes aeróbicos, já que não teríamos treinos. Ele concordou que seria uma boa ideia.


Cheguei ao ginásio às 9h30 preparada para um treino pesado e caramba, foi exatamente isso que aconteceu. Eu estava na bicicleta ergométrica fazendo um circuito que dura aproximadamente 20 minutos (eu sei que não parece muito, mas eu estava muito cansada!!) e nem preciso dizer que eu estava pingando de suor e completamente sem ar. Mal sabia que já era a minha hora de subir para o meu encontro.


Subindo as escadas para a sala dos treinadores, os últimos 12 anos da minha vida passaram na minha cabeça como um flashback. Pensei na primeira vez em que eu pisei em uma quadra de vôlei. A primeira vez em que eu saquei viagem. A primeira vez que fiquei de fora de um time de vôlei porque eu era muito boba, inexperiente. A primeira vez que participei de uma equipe. Meus primeiros técnicos. Muitas memórias de um trabalho duro, sacrifícios e determinação me vieram também. Aquele era o meu momento.


Assim que eu entrei na sala, percebi um ambiente bem intimidador. Todos os quatro treinadores estavam sentados em meia lua, a começar por mim. Me lembro agora que eu estava pingando de suor, muito vermelha e mal podia respirar. Todos eles me perguntaram se eu estava bem, com os olhos arregalados, meio confusos... Tipo, o que aconteceu com você? Eu expliquei e demos sequência.


Hugh seguiu e me disse que eu faria parte das 12 atletas que iriam para Londres (depois disso deu um branco... Bom, eu meio que sentei com um sorriso no rosto). Ele disse depois que não queria que eu parasse com o treino, então me deu os parabéns e veio me dar um abraço. Me desculpei com todos os treinadores por terem que me dar um abraço comigo toda suada. 


Saí da reunião tentando entender o que tinha acabado de acontecer. Estava em choque, eu realmente estava vivendo meu sonho! Meu sonho!!!! Liguei para toda a minha família e amigos. Não estaria completo até que eu pudesse falar com uma amiga da família. E nossa, isso me atingiu como uma tonelada de tijolos. Ela tentava falar comigo, mas eu não respondia, mergulhada em choro.


Tudo o que estava passando pela minha cabeça era minha mãe. O que eu não daria para ligar para ela e dizer que eu consegui! Eu sei que ela deve estar muito orgulhosa, mas no momento eu só queria ouvir a sua voz!! Eu posso vê-la agora fazendo alguma dancinha esquisita que era a cara dela e pulando de alegria. Como eu sinto falta dela!


Essa foi uma semana incrível e isso é só o começo. Eu tenho muito a agradecer a tantas pessoas por me ajudarem a ser quem eu sou hoje! :) O tanto que eu gostaria de comemorar esse grande feito, é o tanto de trabalho que ainda temos a fazer. Temos mais duas semanas de treinos antes de ir para Londres e três semanas até o grande momento. É para isso que estamos treinando há muito tempo e estou confiante que estaremos com força máxima quando chegar lá. Eu estou muito feliz de poder fazer parte deste time.


Sonhe alto, e nunca se acomode.


Jordan

Fonte: Melhordovolei

Um comentário:

  1. Adriano Carvalho Felipe11 de agosto de 2012 21:37

    Você mereceu esse momento Jordan Larson. É uma jogadora bastante talentosa e era apenas questão de tempo até ser reconhecida por isso. Meus parabéns!!! Nada mais justo.

    Adriano
    adrianocfelipe@hotmail.com

    ResponderExcluir