quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Club World Championship: Sollys/Nestlé impõe seu favoritismo, vence porto-riquenhas e é o 1º finalista


Nesta quinta-feira, o Sollys/Nestlé garantiu vaga para a final do Campeonato Mundial de Clubes 2012, disputado em Doha, no Qatar. Sem dificuldades, as comandadas do técnico Luizomar de Moura derrotaram o Lancheras de Cataño, de Porto Rico, no Ginásio Aspire Dome, por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/13 e 25/15, em  1 hora e 05 minutos de confronto. As brasileiras confirmaram em quadra seu favoritismo e agora aguardam na decisão o vencedor do duelo entre Rabita Baku, do Azerbaijão, e Fenerbahce, da Turquia.


“A equipe está de parabéns porque mesmo sabendo que o adversário era um pouco inferior entramos forte e pressionando o tempo todo. Independente se o adversário era fraco, o Sollys/Nestlé fez o seu papel e agora temos que aguardar para saber qual será o nosso adversário na final e a expectativa é grande. Agora é concentração porque será o jogo da vida e é um título que todas nós queremos muito”, afirmou Thaísa, que foi a maior pontuadora da partida com 10 pontos.


Após confirmar o favoritismo, a líbero Camila Brait faz uma avaliação do jogo e tem convicção que a final será difícil independente do rival. 

-mO jogo é jogado e hoje fizemos a nossa parte. Novamente sacamos muito bem e isso facilitou nosso trabalho. Fizemos o nosso papel e agora estamos em mais uma decisão. Final é sempre difícil independente se o adversário for Fenerbahce ou o Rabita Baku, pois são dois excelentes times e sabemos que a final será dura, mas temos que continuar indo com tudo, impondo nosso jogo e seguir sacando bem porque isso está fazendo a diferença - declarou Brait.


Brait também destaque a importância de chegar a mais uma final e quer o título como uma forma de retribuir toda a estrutura que o patrocinador oferece. 

- É a conquista que falta para a Nestlé e temos que fazer de tudo para ganhar esse título porque o patrocinador tem feito de tudo pelo nosso time. A estrutura e as condições de trabalho são excelentes e é hora de retribuirmos tudo que nos oferecem. Agora é entrar em quadra e focar no jogo da final - completou a líbero.


Após mais uma etapa concluída, o Sollys vai à busca do título nesta sexta-feira, às 11h (horário de Brasília). 

- O primeiro objetivo foi conquistado com essa vitória sobre a equipe de Porto Rico e a classificação para a final do Mundial de Clubes. O objetivo do nosso projeto é sempre colocar o Brasil e o Sollys/Nestlé brigando por medalhas e por títulos. O time foi muito responsável nesta partida e impôs um ritmo forte desde o início. Agora vamos atrás do objetivo principal que é esse título inédito para esse grupo e para o Sollys/Nestlé. Sinto a equipe muito focada e agora vamos esperar o resultado da outra semifinal e se preparar para fazer uma grande final - disse Luizomar.


Nesta vitória diante do Lancheras, o treinador promoveu as entradas das reservas Samara e Dani Suco, que ainda não haviam estreado, e também colocou para jogar a ponteira Gabi, a oposto Ivna e a levantadora Karine. 

- Uma das características do Sollys/Nestlé é sempre a força do seu elenco. Hoje coloquei as meninas que não estavam atuando porque queria vê-las jogando com a Fabíola, já que treinam sempre com a Karine. São jogadoras que podem ser solicitadas e o objetivo foi deixar todo mundo preparado para essa grande final - concluiu o comandante.


Esta é a segunda final do Sollys/Nestlé no Mundial de Clubes, já que em 2010 o clube brasileiro chegou à decisão e foi derrotado pelo Fenerbahce. A grande final do Mundial de Clubes acontece nesta sexta-feira, às 11h, também no Ginásio Aspire Dome. Com a vitória desta quinta-feira, as laranjas atingem a marca de 34 vitórias consecutivas e não sabem o que é uma derrota desde 28 de janeiro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário