sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Amistosos: UFJF e RJX ficam no empate em disputado treino conjunto



Após o jogo desta quinta-feira, 25, UFJF e RJX voltaram a se enfrentar no ginásio da Universidade, em um treino conjunto, nesta sexta. A metodologia do jogo treino foi a seguinte: quem recebia o saque, se marcasse o ponto, rodava e passava a sacar. Agora, no caso da equipe sacadora, caso marcasse o ponto, recebia uma bola extra para contra-ataque – nesse caso, só seria contado ponto do time sacador.

Para Maurício Bara, os dois dias de atividades foram positivos: 

- Os jogos foram importantíssimos. Hoje o que menos importava era o placar. Queríamos e conseguimos trabalhar o contra-ataque, mas ainda temos que melhorar a cada dia.
O técnico do RJX, Marcelo Fronckowiak, também aprovou os jogos: 

- Tivemos uma boa produção de jogo e o trabalho de situações de partida, dando a oportunidade a vários atletas - Ele destacou o projeto da UFJF - É um belo trabalho que precisa ser valorizado com a Universidade toda imbuída e tenho certeza que vocês irão chegar ainda mais longe.
 
O jogo

A Federal começou com Gelisnki, Wanderson, Japa, Juninho, Aureliano, Robinho e Fábio Paes (líbero). A partida, assim como na noite anterior, começou disputada. Sem paradas técnicas nos 8 e 16 pontos, o jogo ficou mais corrido. A Universidade melhorou seu rendimento no ataque, principalmente com Japa. Mesmo assim os visitantes fecharam o set em 25 a 15.

No segundo set, Bara testou Lucão no lugar de Robinho. A Federal conseguiu acertar melhor o passe com o líbero Fábio Paes e as bolas de meio passaram a surtir mais efeito. O jogo era ponto lá, ponto cá. O empate ficou na casa dos 8 aos 11 pontos. Da mesma forma que na noite anterior, o saque forçado e o bloqueio dos visitantes fizeram a diferença no final do set: UFJF 17 x 25 RJX.
 
Clinty e Luan entraram nos lugares de Juninho e Wanderson, respectivamente, no terceiro set. Durante o set, o melhor do time da casa, Victor Hugo também entrou na vaga de Aureliano. A Federal abriu 5 pontos quando o placar marcava 10 a 5. Luan explorava do bloqueio carioca e se destacava no time juiz-forano, que começou a se aproveitar dos pontos extras para avançar no placar. Liderado por Victor Hugo, o bloqueio da Universidade passou a pontuar mais. Os cariocas não desistiram, encostaram e empataram em 19 pontos. A Federal não deu mole e fechou o set com bloqueio de Filipe Cipriani – 25 a 22.

A UFJF entrou no quarto set com Ricardinho, Luan, Hugo, Clinty, Filipe, Victor Hugo e Tatinho (líbero). Mais uma vez muito disputado, o set começou com muitos pontos de bloqueio de ambos os times. Tatinho sentiu o joelho e deu lugar a Fábio Paes. O set foi o mais disputado do jogo. As equipes se revezavam na frente, sempre por um ponto. O empate perdurou dos 5 até o 24º ponto, quando a Federal, com Filipe, mais uma vez, fez a diferença. No final do set, UFJF 26 x 24 RJX. O tie break não foi disputado por acordo entre as equipes.

Para Filipe Cipriani, o resultado foi muito bom: 

- Foi uma superação. Estávamos muito cansados, mas não desistimos. O jogo de hoje mostra que a equipe tem 15 atletas, que sai um e entra outro. Vamos com tudo que esse ano é nosso.

Os próximos amistosos da UFJF serão também contra o RJX, semana que vem, no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário