sábado, 3 de novembro de 2012

Campeonato Paulista: Mesmo sem Sheilla, Sollys/Osasco está confiante para enfrentar Vôlei Amil


A decisão do Campeonato Paulista de Voleibol Feminino começa neste domingo, às 21h, em Campinas. Com a melhor campanha na competição estadual e pelo segundo ano seguido na final, o Sollys/Osasco enfrenta o Vôlei Amil, na Arena Amil. Sem derrotas no Paulista, o time laranja chega para a parte final do campeonato com 14 vitórias e sem poder contar com a oposta Sheilla, que fraturou o quarto dedo do pé esquerdo na última quarta-feira. Além de Sheilla, o campeão mundial de clubes conta com outras duas bicampeãs olímpicas: Jaqueline e Thaísa. As duas jogadoras sabem que a companheira fará falta, porém, estão confiantes na força do elenco e no bom desempenho mostrado por Ivna nas últimas partidas.


- Certamente será uma falta sentida porque a Sheilla é muito experiente e ajuda muito quando está jogando. Além de contribuir pontuando, ela também colabora bastante em outras coisas dentro de quadra. Mesmo sem ela, estou muito confiante porque a Ivna tem treinado muito bem. Lógico que ainda precisa melhorar em algumas coisas, mas ela entrou muito bem nos últimos jogos e nesta final temos que deixá-la tranquila para que jogue solta. Eu, a Jaque e a Fê teremos que rodar as bolas para que ela fique mais tranquila e sem responsabilidade. Se fizermos a nossa parte ela terá tranquilidade para jogar o jogo dela - afirmou a central Thaísa.


- A Ivna já vem fazendo bons treinamentos e tem entrado super bem nos jogos. Ela tem totais condições de desenvolver bem seu jogo nesta partida e terá a ajuda de todas as outras meninas que já estão jogando há algum tempo. Eu acredito muito nela porque, mesmo sendo uma jogadora nova, já mostrou sua capacidade e jogará sem pressão, já que as mais experientes assumirão a responsabilidade do jogo. Tenho certeza que ela irá muito bem porque a equipe ajudará durante toda a partida - declarou a capitã Jaqueline.


Apesar das duas vitórias na fase de classificação, Thaísa espera mais dificuldades e acredita em surpresas do rival.

- Será um jogo complicado, principalmente, pelo primeiro jogo ser na casa do adversário. Temos que estar bem focadas e preparadas para isso porque sabemos que a comissão técnica do Campinas tem muita estratégia e temos que analisar e entender rapidamente a estratégias que eles estarão usando no momento do jogo e, se necessário, mudar a nossa estratégia também. Precisamos estar atentas a esses detalhes porque sabemos que será um jogo bastante difícil. Acredito que elas mudarão um pouco o que já fizeram, até porque não deu certo nos outros jogos. Acredito que farão alguma coisa de diferente e temos que ter a cabeça tranquila para analisar isso - disse a meio-de-rede.   


Segundo determina o regulamento, a equipe de melhor campanha joga o primeiro jogo como visitante na final do Paulista. 

- É difícil jogar na casa delas, ainda mais com torcedores fanáticos. Jogamos lá na fase de classificação e vimos que o ginásio realmente lota e a torcida está mobilizada. Mas, mesmo em menor quantidade, a nossa torcida também vai comparecer e estará do nosso lado - disse Jaque, que constatou a evolução do rival no decorrer do estadual - A equipe do Campinas está evoluindo muito. Nesses dois últimos jogos contra o SESI-SP elas demonstraram um bom crescimento, o que comprova a melhora na competição. Estamos estudando muito a equipe delas e vai ganhar o jogo aquela equipe que jogar bem e definir melhor nos detalhes. Acredito muito na nossa equipe porque estamos muito bem física, técnica e taticamente - finalizou a ponteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário