quinta-feira, 29 de novembro de 2012

CBV confirma permanência de José Roberto Guimarães até 2016


Na última semana, José Roberto Guimarães disse que faltavam detalhes para um novo contrato para seguir no comando da seleção brasileira feminina de vôlei. Não falta mais nada. Depois de uma reunião na tarde desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) confirmou a permanência do treinador no cargo até os Jogos do Rio 2016.

- Tive uma reunião com o Paulo Márcio para ajustar e formatar os desejos de ambas as partes. Estou muito feliz por poder representar o Brasil por mais quatro anos, com uma responsabilidade grande de fazer com que a equipe desempenhe um bom papel nas Olimpíadas que realizaremos dentro da nossa casa. Meu desejo sempre foi dar sequência a esse trabalho. Enquanto tiver essa vontade e, principalmente, esse orgulho de elevar o nome do nosso país, farei o meu melhor. Sempre – afirmou Zé Roberto.

Ocupando o cargo desde 2003, o tricampeão olímpico já vinha manifestando seu desejo de continuar na seleção. Técnico da equipe feminina do Campinas nesta edição da Superliga, Zé Roberto ainda precisava acertar detalhes.

- Já estava praticamente tudo acertado. O objetivo sempre foi a continuidade do trabalho do Zé Roberto. As questões que faltavam ser definidas já foram compostas e estamos comunicando oficialmente que ele continua - disse Paulo Márcio, superintendente técnico de seleções da CBV.

Pouco depois de conquistar sua terceira medalha de ouro em Olimpíadas, a segunda consecutiva com a seleção feminina, o técnico José Roberto Guimarães teve que lidar com uma polêmica. Cortada pelo treinador antes de Londres 2012, a ponteira Mari afirmou que o clima da equipe não era bom antes dos Jogos, o que foi confirmado por algumas de suas companheiras.

Mas também obteve reconhecimento, sendo escolhido o melhor técnico do ano nos esportes coletivos pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Fonte: GloboEsporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário