quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Champions League: Eczacibasi, RC Cannes, Dínamo Kazan, Lokomotiv Baku e Muszyna venceram.


Grupo A
RC Cannes marcou nessa quarta-feira a sua primeira vitória nas preliminares da Champions League. A equipe italiana venceu a equipe suíça Volero Zürich em três sets curtos com parciais de 25/22, 25/19 e 25/22. Dessa forma o RC Cannes parece ter voltado aos trilhos após a derrota, em casa, semana passada para o Uralochka-NTMK Ekaterinburg. O RC Cannes assume momentaneamente a liderança do grupo com 4 pontos, logo atrás vem o Vakifbank com 3 pontos, em terceiro o Uralochka-NTMK Ekaterinburg com dois pontos e o Volero Zürich sem nenhum ponto. Hoje a equipe russa irá enfrentar a equipe turca Vakifbank Istanbul.


 Grupo D
O Eczacibasi segue 100% na fase classificatória da Champions League. Nesta quarta-feira (31), em Istambul, o time da casa não deu chances ao Azerrail Baku, derrotado por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/23 e 25/12.

A canhota Darnel confirmou a fama de matadora e colocou 17 bolas no chão, arrancando aplausos dos 1,3 mil presentes no Burhan Felek Voleybol Salonu. Já Sokolova, segunda jogadora mais acionada do time, fechou a conta com 11.

Enquanto o Eczacibasi se mostrou mais regular em todos os fundamentos, o Azerrail Baku sofreu com a falta de inspiração. Nem Flier salvou a pátria. A holandesa marcou apenas sete pontos, quatro a menos que Hodge, a maior pontuadora do elenco azeri.

Foi a segunda vitória das turcas na competição. Invictas, elas lideram o Grupo D com seis pontos, enquanto as adversárias de Baku têm três. Dresdner SC e Drabowa Gornicza, ainda sem nenhum tento, jogam ainda na rodada.

A terceira rodada da chave acontece no próximo dia 14. Diante dos fãs, na capital do Azerbaijão, o Azerrail Baku recebe o Drabowa Gornicza. Já o Eczacibasi leva suas estrelas para a Alemanha, país-sede do Dresdner SC.

Grupo E
A turma de Gamova não decepcionou os 2,4 mil fãs que foram ao ginásio do Dínamo Kazan, nesta quarta-feira (31), acompanhar a segunda apresentação das russas na Champions League. Por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/13 e 25/14, as terceiras colocadas da última edição bateram o Urbino e festejaram o primeiro sucesso.

Já para as italianas significou o segundo revés seguido. E Gamova foi uma das responsáveis pela nova queda da equipe de Ettore Guidetti. Ao todo, a oposta rodou 15 bolas e teve 54% de sucesso ofensivo. A central Borisenko também mostrou inspiração, em especial no bloqueio, fundamento em que anotou seis vezes.

Diante da boa postura das russas na marcação, as italianas tiveram dificuldade para colocar a bola no chão. Não por acaso, o Urbino marcou apenas 12 pontos de ataque nos últimos dois sets, enquanto o Kazan contabilizou dez tentos só de bloqueio. Assim, ficou difícil parar as donas da casa, que jogaram desfalcadas de Kosheleva.

Passadas duas rodadas, o Grupo E é liderado pelo Tomis Constanta, dono de cinco pontos. Com um a menos, o Kazan aparece na vice-liderança, à frente do Schweriner SC, que soma três. Já o Urbino, sem nenhum triunfo, segura a lanterna da chave. Na próxima rodada, marcada para o dia 13, o Kazan encara o Constanta, enquanto o Urbino tem pela frente o Schweriner SC.
 
Grupo F
Nem Goncharova e muito menos Osmokrovic foram páreo para o Lokomotiv Baku na segunda rodada da Champions League. Jogando em casa, nesta quarta-feira (31), o time de Ju Costa fez bonito diante do Dínamo Moscou e marcou 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/18 e 25/13.

O Bank BPS Fakro Muszyna venceu ontem à noite o Crvena Zvezda Beograd da Sérvia em 3 sets curtos num jogo pela segunda rodada da Champions League. As jovens jogadoras sérvias jogaram com o coração, mas isso não foi suficiente para vencer a experiência e qualidade de suas oponentes. O Muszyna agora tem uma vitória e uma derrota enquanto o Crvena Zvezda tem duas derrotas. O placar terminou 3x0
(25/13, 25/15 e 25/15)

Foi a segunda vitória do Lokomotiv, líder do Grupo F com cinco tentos. Já as russas conheceram o primeiro revés e estacionaram nos dois. As polonesas estão em segundo lugar com quatro pontos e as sérvias em último com apenas um ponto.

Na próxima rodada, agendada para o dia 15, as azeris defendem a invencibilidade diante das polonesas, que jogam em casa. Também em seus domínios, as russas correm atrás da reabilitação diante das sérvias.

Fonte: SaqueViagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário