terça-feira, 13 de novembro de 2012

Mercado: Ex-jogadora Virna revela ter recebido proposta para ser treinadora


Dentro das quadras, Virna tornou-se uma das principais jogadoras da Seleção Brasileira de vôlei dos últimos anos. Agora, há dois anos aposentada, prefere viver o esporte de outra maneira.

Na última sexta-feira, 9, a ex-atleta esteve em São José dos Campos para ministrar uma palestra para estudantes de educação física da UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba). Durante o encontro, revelou que já dispensou oportunidades de retomar a rotina do esporte por ter outros ideais no momento.

- Convidaram-me para ser técnica há uns dois anos. Eu seria a primeira treinadora mulher de vôlei e poderia passar minha experiência. Mas eu já dediquei muito a minha vida ao esporte. E ser técnica exigiria muito mais de mim. Hoje quero viver com horários mais certos e poder me dedicar mais à família - disse.

Outro motivo que faz Virna querer viver novos ares é o trabalho social que criou há um ano, o Projeto Virna Vôlei, no Rio de Janeiro. O intuito é incentivar a prática da modalidade com crianças e jovens carentes.

- Era um sonho meu de muitos anos. Meu objetivo é aumentar para duas mil crianças. Quanto mais crianças tiverem praticando o voleibol, vou ser uma mulher mais feliz - afirmou a ex-jogadora.

Mesmo afastada do vôlei, Virna não deixa de acompanhar as recentes conquistas da Seleção Brasileira. As medalhas nas Olimpíadas de Londres, aliás, são motivos para ela se encher de orgulho.

- O voleibol brasileiro vive um momento de glórias, tanto feminino quanto o masculino. O vôlei de praia também. Hoje temos quatro medalhas olímpicas em uma olimpíada. Há quantos anos não víamos um feito como esse acontecer? Virou a paixão dos brasileiros. Acho que, em 2016, temos grandes chances de fazer um tri. É difícil, mas temos chances.
Fonte: GloboEsporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário