domingo, 25 de novembro de 2012

Outros: Fe Garay é homenageada em Porto Alegre

 
Em meio à disputa da Superliga de Vôlei Feminino 2012/2013, Fernanda Garay abriu espaço em sua concorrida agenda de trabalho para uma espécie de retorno ao passado. Depois de atuar pelo Sollys/Nestlé na noite da última sexta, ela deixou São Paulo nas primeiras horas da manhã deste sábado especialmente para uma visita a Porto Alegre, sua cidade natal. Mais especificamente ao Colégio São Pedro, na zona norte da capital gaúcha, onde passou dois anos de sua trajetória estudantil. A instituição marista aguardava com expectativa pela presença da atleta, a qual rendeu homenagens com a entrega de flores e uma placa pelo exemplo de desportista e cidadã.

– Fiquei muito lisonjeada com esse reconhecimento. Foi gratificante voltar ao colégio em que passei parte da minha vida (entre a oitava série do Ensino Fundamental e o primeiro ano do Médio) e ser recepcionada por tantos alunos. Trouxe minha experiência e, de alguma forma, espero ter ajudado na formação deles – comentou.
 
Centenas de estudantes receberam a medalhista de ouro pelo Brasil na Olimpíada de Londres-2012. Em período de recuperação das aulas perdidas em virtude do surto de Gripe A, na metade do ano letivo, eles não se assustaram com o tempo nublado e a chuva fina e compareceram em peso. Na volta para casa, um novo aprendizado: o de uma real lição de vida.

– Na época do colégio, eu já estava iniciando no vôlei. Não foi fácil conciliar as duas coisas. Morava longe e tinha que levantar muito cedo para vir. Lembro que quando acordava era noite ainda, e no inverno aqui do sul isso era terrível. Pegava ônibus e depois percorria um bom caminho a pé. Mesmo assim nunca cheguei atrasada, sabia das minhas responsabilidades e do quanto o estudo era importante. Sempre tive consciência disso e foi o que tentei passar para eles. A vida não é fácil, mas a gente tem que persistir, lutar pelos nossos sonhos e objetivos, seja através do esporte ou de qualquer outra profissão.

Fe Garay retorna a Osasco, onde reside, já neste domingo. Na próxima terça-feira à noite, volta às quadras para enfrentar o São Bernardo em casa, pela 2ª rodada da Superliga. Em 2012, além da conquista olímpica, a ponteira de 26 anos e 1,82m faturou três títulos pelo Sollys: Sul-Americano, Mundial e Paulista. Nos Jogos de Londres e no Sul-Americano, também foi eleita a melhor passadora das competições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário