quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Outros: Olímpicas confirmam clima ruim no pré-Londres


Apesar de estar na Turquia, Mari virou um dos principais assuntos da festa de lançamento da Superliga 2012/13, nesta quarta-feira (21), em São Paulo. Questionada sobre as declarações da ponteira do Fenerbahce, que revelou o clima ruim dentro da seleção antes dos Jogos de Londres, a líbero Fabi deu razão à colega.

- O clima não estava bom por alguns motivos, em especial porque estávamos chateadas pela não classificação às Olimpíadas pela Copa do Mundo. Naquele momento, nos questionamos. O desabafo da Mari foi compreensível. Eu fiquei chateada pela ausência dela. Somos amigas, é uma pessoa que eu gosto muito.

A oposta Sheilla fez coro às declarações e disse entender a posição da ex-companheira de Unilever, cortada do time verde-amarelo às vésperas da edição londrina.

- A Mari estava lá dentro. Não vou desmentir. Ela tinha razão em muita coisa, porque estava lá dentro e sabia o que estava acontecendo.
  
Mostrando entrosamento com Fabi e Sheilla, a capitã Fabiana defendeu Mari, mas preferiu deixar os problemas no passado.

- O que aconteceu lá, fica lá - Além disso, revelou que o grupo teve problemas para se comunicar com o técnico Zé Roberto - Eu, como capitã, senti algumas dificuldades. Talvez pelo desgaste do ciclo.
 
Perguntada se a atacante do Fenerbahce teria clima para voltar à seleção, Fabiana saiu pela tangente.

- Não falei com ela depois da Olimpíada. Não sei o que ela pensa, o que passa na cabeça dela. - Já Sheilla afirmou que “seria estranho” jogar contra Mari, caso ela viesse a defender a Alemanha. - Seria complicado, ela teria que parar por dois anos. É bastante tempo.

Fonte: SaqueViagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário