segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Superliga: Em duelo paulista, Medley/Campinas ganha do Vôlei Futuro


Com um bom público no ginásio do Taquaral, o Medley/Campinas venceu o Vôlei Futuro por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/21 e 25/21, pela primeira rodada da Superliga 2012/2013. Mesmo sem contar com os centrais Orestes e André Heller, os donos da casa impuseram seu jogo, com destaque para o oposto Rivaldo e o ponteiro Jurquin. No time de Araçatuba, o central Vini foi quem mais apareceu no ataque.

O Medley/Campinas começou melhor na partida, principalmente no saque, que ajudou o time a abrir três pontos na primeira parada técnica: 8 a 5. Em um ace de Rivaldo, a diferença aumentou para seis: 15 a 9. Com bons saques, além de um eficiente sistema defensivo, o Vôlei Futuro encostou em 21 a 20. No entanto, o time da casa segurou a reação da equipe de Araçatuba e fechou o primeiro set por 25 a 22.

O Vôlei Futuro voltou melhor para o segundo set e abriu um 8 a 7 na primeira parada técnica. O jogo seguiu equilibrado e no segundo tempo técnico, a vantagem do time de Araçatuba era de dois: 16 a 14. O bloqueio da Medley/Campinas voltou a funcionar e o time da casa virou o placar para 21 a 20. A partir desde momento só deu a equipe campineira que venceu o set por 25 a 21.

Os donos da casa seguiram melhor no terceiro set e fazendo valer o mando de quadra abriram 13 a 10. No segundo tempo técnico, a vantagem do time de Campinas era de quatro pontos: 16 a 12, o que obrigou o técnico Cezar Douglas a modificar sua equipe, colocando Caio de Prá e Michael em quadra. Entretanto, o Medley/Campinas manteve a vantagem e fechou o período por 25 a 21.

“O time soube administrar o momento reverso da partida com tranquilidade. Tanto é que estávamos atrás no fim do segundo set e conseguimos virar bem e fechar o set”, afirmou o treinador Marcos Pacheco.

“Todo o time está de parabéns pela conquista dos três pontos em casa. Inclusive quem entrou no decorrer da partida e que também fez a diferença a nosso favor”, apontou o oposto Rivaldo, que marcou 19 pontos.

“Nós alternamos momentos bons e outros ruins. O nosso saque entrou em algumas passagens, mas nosso volume de passe não foi bom. Também precisamos ter um ataque mais consistente”, analisou Cézar Douglas.

O próximo compromisso do Medley/Campinas será nesta quinta-feira, às 19h30min, contra o Sesi-SP, no ginásio do Taquaral. Já o Vôlei Futuro buscará a reabilitação contra o São Bernardo, também na quinta-feira, às 20h, no Plácido Rocha.

Equipes: 

Medley/Campinas: Rodriguinho, Rivaldo, Jurquin, Renato, Gustavão, Nicolas e Alan (líbero)
entraram: Franco, Murilo e Purificação
Técnico: Marcos Pacheco 

Vôlei Futuro: Ricardinho, Najari, Bruno, Raphael, Ialisson, Vini e Polaco (líbero)
entraram: Jairo, Caio, Gui Hage e Michael
Técnico: Cézar Douglas 


Fonte: Espaço do Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário