sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Superliga: Vivo/Minas estreia contra campeão da Superliga sem poder contar com gringos

Neste sábado (24/11) começam as emoções da Superliga Masculina 2012/2013. E para iniciar a temporada, Vivo/Minas e Sada Cruzeiro fazem o clássico mineiro na rodada de abertura da competição nacional, a partir das 21h30, na Arena Vivo. A partida terá transmissão ao vivo do canal SporTV. Os ingressos para a partida custarão R$8,00. Estudantes, crianças até 12 anos, maiores de 60 anos e sócios do Minas pagam meia-entrada (R$ 4,00). Os associados poderão adquirir o ingresso na bilheteria instalada no Piso 6 do CTJK (Minas I), que será aberta a partir das 20h. O pagamento poderá ser em dinheiro ou debitado na fatura do condomínio. Os portões do ginásio minastenista serão abertos às 20h.

O treinador da Vivo/Minas, o argentino Horário Dileo, participará pela primeira vez da Superliga. Ele espera que a equipe minastenista faça uma boa campanha e conquiste boas colocações. “Sempre espero coisas boas de algo que vai iniciar. Participar desta competição, que é uma das maiores do mundo, é um desafio e uma honra muito grande para mim. Nosso time está trabalhando com muita vontade, determinação e profissionalismo. Todos os atletas estão focados e sabem o que é preciso fazer para conquistarmos o nosso objetivo, que é lutar pelo título. Espero fazer um bom trabalho ao longo da competição e quero construir uma história vitoriosa aqui no Minas”, declarou o treinador.

Na edição 2011/2012 da Superliga, o Vivo/Minas foi o terceiro colocado. Naquele time, o ponteiro Lucarelli foi um dos destaques da equipe e, para esta edição que se inicia, o atleta espera fazer uma campanha ainda mais brilhante. “No ano passado nosso time surpreendeu muitas pessoas. Ficamos na terceira colocação e espero que nosso time possa surpreender ainda mais este ano. Estamos preparados, empenhados e com certeza queremos brigar pelo título”, comentou Lucarelli, um dos destaques da Superliga 2011/12 e vencedor de dois troféus Melhor do Vôlei - revelação e um dos ponteiros da seleção MDV da Superliga.

Gringos de fora



Para este início de competição, Horácio Dileo não poderá contar com o oposto tcheco Filip, que se recupera de um estiramento na coxa direita. Outra baixa na equipe minastenista é o argentino Rodrigo Quiroga. Ele passou por uma cirurgia de menisco no joelho direito, nesta semana, e segue em recuperação, devendo voltar aos treinos daqui a seis semanas.

Desta forma, Dileo ainda não tem a formação inicial para o clássico, mas ele tem à sua disposição os levantadores Marcelinho e Evandro, os meios Henrique, Maurício e Otávio, os pontas Lucarelli, Samuel, Lucas Lóh e Gustavo, os opostos Michel e Thiago, além do líbero Lukinha. No amistoso contra o Volta Redonda, a Vivo/Minas teve a seguinte formação: Marcelinho, Thiago, Lucarelli, Lucas Lóh, Henrique, Otávio e Lukinha.

Sem favoritismo celeste

O Sada Cruzeiro chamou a atenção do Brasil e do mundo em 2012. Campeão da Superliga e do Sul-americano, teve a oportunidade de disputar o Mundial de Clubes em Doha, no Qatar, de onde saiu com a histórica medalha de prata. Para o levantador e capitão do time William Arjona, o time cinco estrelas vai forte para buscar o bicampeonato da competição nacional, mas descarta de antemão qualquer favoritismo celeste. Segundo o camisa 7, a equipe aposta novamente no trabalho diário.

“Acho que não somos favoritos. Têm muitas equipes que se fortaleceram bastante e que têm um investimento maior. Nós temos é que trabalhar da mesma forma que temos feito nestes últimos três anos. Sem muito barulho, indo devagarzinho e daí quando os outros times assustam, a gente já está lá em cima na tabela. Temos que manter a mesma filosofia de trabalho, mas sempre buscando melhorar”, disse o levantador, que foi um dos destaques na conquista da Superliga.


Comandante celeste, Marcelo Mendéz se mostra otimista para a competição. “A expectativa é trabalhar para sermos campeões, sempre. Sabemos que o caminho é longo, difícil. São grandes equipes na Superliga, com times muito reforçados, com atletas de seleção e estrangeiros de alto nível. Mantivemos a base e também nos reforçamos um pouco. Eu acredito nos nossos jogadores e no trabalho que desenvolvemos junto com a comissão técnica. Temos que entrar em quadra muito bem preparados para essa estreia contra o Minas”, conclui Mendez.

Fonte: Melhor do Võlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário