sábado, 3 de novembro de 2012

Vôlei de Praia: Alison brilha no bloqueio e vai à final em Campinas ao lado de Emanuel


Os saltos com as duas mãos erguidas junto à rede fizeram de Alison uma muralha quase intransponível neste sábado. Brilhando no bloqueio, o capixaba comandou a vitória, ao lado de Emanuel, sobre Ricardo e Pedro Cunha por 2 sets a 0, em parciais de 21/17 e 21/11. Campeões na etapa de Cuiabá, a primeira da temporada 2012/13 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, os campeões mundiais coroaram o retorno de Alison, afastado desde então devido a uma infecção no pé, com a classificação para a final em Campinas.

Na decisão, os dois encaram Pedro Solberg e Bruno Schmidt, que derrotaram Harley e Benjamin de virada. O SporTV transmite os jogos que decidirão os títulos feminino e masculino, ao vivo, a partir das 10h (horário de Brasília), direto do Parque Taquaral.

Cortadas de um lado de outro, defesas de um lado e de outro. A partida começou disputada ponto a ponto até Alison encaixar o bloqueio. Quando conseguiu o primeiro ponto no fundamento, o Mamute cresceu junto à rede e passou a tocar em quase todos os ataques rivais. Quando não marcava, amortecia para Emanuel armar o contra-ataque. A cena se repetiu até os medalhistas olímpicos abrirem 14 a 10. Após pedido de tempo, Ricardo e Pedro Cunha diminuíram a vantagem, explorando justamente o bloqueio de Alison a seu favor. Mas o capixaba mostrou que também sabe jogar com sutileza e, em uma largadinha, definiu o set: 21/17.

Na segunda parcial, Alison e Emanuel abriram vantagem ainda no princípio. O paranaense cuidou com primor do fundo de quadra e foi preciso nos contra-ataques, marcando 7/4. Mesmo se esforçando nas defesas, Pedro Cunha e Ricardo não conseguiram segurar as pancadas dos atuais campeões mundiais. Nas jogadas rápidas com Alison ou na habilidade de Emanuel, quase sempre triscando a linha, os dois dispararam no marcador. Ricardo ainda salvou dois match points, mas sacou para fora e definiu a partida: 21/11.

De virada, Solberg e Bruno Schmidt vão à final

O início de Harley foi arrasador. Muito veloz, o brasiliense foi decisivo para ele e Benjamin abrirem 5 a 1 no placar. A vantagem, porém, foi escapando aos poucos, sobretudo pelas mãos de Bruno Schmidt. O empate veio em um bloqueio de Pedro Solberg, e a virada, junto com o tempo técnico: 11/10. A partida seguiu parelha, com todos os atletas se alternando entre os pontuadores. Em um erro de saque de Harley, Solberg e Schmidt tiveram um set point. O brasiliense consertou a falha no ataque seguinte e, com bloqueio perfeito, Benjamin encerrou a parcial: 23/21.

Harley e Benjamin largaram novamente na frente, mas sofreram a virada logo no princípio, no serviço de Bruno Schmidt. Um erro de saque e uma condução deixou os veteranos com quatro pontos de desvantagem (9/5). A marcação de um toque no bloqueio de Pedro Solberg gerou discussão acalorada entre o carioca e Benjamin, e os dois foram advertidos com cartão amarelo. A punição deu novo gás a Solberg, que ampliou a diferença no marcador. Com 21/13, o jogo foi para o tie-break.

No set de desempate, Harley e Benjamin abriram dois pontos no início, mas cederam o empate em 5 a 5 com duas bolas seguidas para fora. Os veteranos voltaram a pôr dois pontos de frente em 8 a 6, mas dois bloqueios de Solberg fizeram a vantagem trocar de mãos em 11 a 10. Um bloqueio de Benjamin deixou tudo igual de novo em 13/13. Mas uma largada longa de Solberg e um ataque na rede de Harley definiram a partida: 15/13.
Fonte: GloboEsporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário