quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Nova equipe de vôlei em Maringá não se confirma


Causou frisson nos meios esportivos de Maringá a informação do Blog do Bruno Voloch, sítio especializado em voleibol que se hospeda no portal UOL, dando conta de que o levantador Ricardinho estaria com projeto concluído de montagem de uma equipe da modalidade na Cidade Canção.

A reportagem de O Diário fez contato com Carmem Panza, a sogra de Ricardinho, que disse desconhecer o assunto e que Ricardinho também nada sabe a respeito. "O Ricardo tá focado nas disputas da Liga pelo Vôlei Futuro e em nenhum momento fez esse tipo de declaração. Isso pode até prejudicá-lo. Ele tem compromisso até abril e vai disputar ainda mais duas temporadas", observou.

O secretário de Esportes e Lazer, Walter Guerlles é outro que ignora a informação. "É claro que estamos interessados no retorno do voleibol para nossa cidade e que buscamos patrocínio para viabilizar isso, mas não existe nenhuma relação com Ricardinho. Ele tem seus compromissos profissionais em Araçatuba e não conversou com a gente sobre isso". observou Guerlles. A afirmação de Panza desmente outra informação do blog que dá como certa a aposentadoria do profissional no próximo ano.

Dema, técnico e dirigente da Amavolei/Banco Bonsucesso, que tem ligações históricas com a modalidade na cidade, se surpreendeu com a informação. "Não sei nada a respeito. Não foi feito nenhum contato comigo sobre isso.

"Continuamos o nosso trabalho e temos o objetivo de no próximo ano buscar, como fizemos neste ano, o acesso para a Superliga B", disse, entendendo, sem querer propor polêmica, ser estranha a intenção de ações externas para um novo time de vôlei em Maringá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário