sábado, 1 de dezembro de 2012

Superliga Feminina: Volei Amil faz dever de casa e supera Rio do Sul em Santa Catarina

Na noite desta sexta-feira (30), o Amil, time do técnico Zé Roberto, foi a Santa Catarina e não tomou conhecimento do Rio do Sul. O resultado foi uma tranquila vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25-21, 25-16 e 25-17 em 1h15min de partida. Esse foi o segundo resultado positivo da equipe de Campinas, que volta à quadra na terça-feira (4/12) para enfrentar o Sesi-SP, em São Paulo, em uma reedição da semifinal do Campeonato Paulista, na qual a Amil saiu vencedora.

As donas da casa não se fizeram de rogadas e botaram pressão para cima do Amil no começo do jogo. Firme no saque e no ataque, o time de Rio do Sul segurou ligeira vantagem até passar a primeira parada técnica. Mas o Vôlei Aamil acordou depois da conversa com Zé Roberto e se recuperou, chegando ao segundo tempo obrigatório com quatro pontos de vantagem (16/12).

Tudo aconteceu graças ao crescimento do bloqueio da equipe e à competência de Vasileva. Mais uma vez, a búlgara se destacou e desafogou o Amil, marcando sete pontos na primeira parcial. Assim, as campineiras fecharam o set em 25 a 21.




                                      Rio do Sul perdeu por 3 a 0 do time de Zé Roberto
 

O embalo adquirido no final do set não se perdeu durante a mudança de lado na quadra. As paulistas seguiram com muito volume de jogo proporcionado pela eficiência no setor defensivo, o que complicou a atuação do Rio do Sul. As catarinenses não resistiram à pressão e cometeram erros cruciais, que ajudaram a definir o placar de 25 a 16.

Para fechar o jogo com chave de ouro, Walewska resolveu aparecer e roubar a cena. A central chamou a responsabilidade no final da partida e fechou a porta da rede do Amil. Bem no bloqueio, a capitã parou três ataques das catarinenses e, ainda, fez outros três pontos de ataque. O Rio do Sul tentou a reação e levou perigo em algumas oportunidades, mas nada que impedisse o sucesso da equipe de Zé Roberto, que fechou em 25 a 17. 
A central Walewska destacou a melhora técnica e tática do Vôlei Amil em relação à segunda rodada, contra o Unilever. "O importante é que conseguimos imprimir nosso ritmo de jogo do início ao fim. Com isso, independentemente do nível do adversário, não demos chance para elas. Também erramos menos e nosso saque entrou e, claro, em consequência disso defendemos e bloqueamos muito bem", disse a capitã da equipe.

 Com 14 pontos, a búlgara Elitsa Vasileva foi a maior pontuadora e eleita a melhor jogadora da partida, com direito ao troféu VivaVôlei. 

Rio do Sul: Ananda (3), Wime (13), Neneca (9), Elis (8), Edna (3), Paula (5) e a líbero Ju Odilon. Entraram: Paracatu (1), Jaqueline, Flavia, Claudinha (1) e Vanessa.

Amil: Fernandinha, Daymi (11), Walewska (11), Natasha (6), Pri Daroit (11), Vasileva (14) e a líbero Suelen. Entraram: Renata (1), Rosane, Pri Heldes e Andressa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário