terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Superliga: RJX enfrenta o Vôlei Futuro com o objetivo de seguir na liderança


RJX e Vôlei Futuro abrem nesta quarta-feira, às 20h, no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro, a 6ª rodada da Superliga 2012/2013. Os cariocas, atualmente na liderança, estão invictos na competição e até aqui somam 14 pontos, enquanto os paulistas buscam a reabilitação, pois aparecem na nona posição, com cinco pontos e vem de duas derrotas seguidas. A partida terá transmissão do Sportv.

Embalado pela boa vitória diante do Sesi-SP na última rodada, o RJX terá como desafio o fato de jogar pela primeira vez no ginásio da Hebraica, já que o Maracanãzinho, onde normalmente acontecem as partidas do time carioca, está ocupado com outros compromissos. Para o técnico Marcelo Fronckowiak, isso não chega a ser um problema, porém as dimensões são bem diferentes.

“Começamos a treinar neste ginásio ontem (segunda-feira) e foi um treino de retomada, já que fizemos dois jogos muito intensos e fora nas últimas rodadas (...) A Superliga vai nos colocar diante de adversários muito fortes e o Vôlei Futuro é um deles. A equipe manteve alguns bons jogadores, como Vini, Michael e Ricardinho, e contratou uma garotada cheia de vontade. Tenho certeza que, depois de duas derrotas, eles virão muito motivados e temos que ficar atentos em como o jogo irá se configurar”, afirmou o treinador do RJX.

As derrotas para Super Imperatriz/Florianópolis e Kappesberg/Canoas ligaram o sinal de alerta no Vôlei Futuro. O técnico Cézar Douglas sabe que o time não apresentou o esperado nos últimos jogos, principalmente no Rio Grande do Sul, onde começou bem a partida, mas acabou perdendo o foco na partida com reclamações junto a arbitragem, que resultaram em cartões amarelo e vermelho.

“Sabemos da qualidade que o RJX vem apresentando, mas o foco, neste momento, está no nosso próprio time. Temos que trabalhar para evitar a irregularidade e os erros que cometemos nas últimas partidas (...) Uma vitória neste jogo favoreceria muito a nossa equipe, não só pela pontuação, mas, também, para que todos se sentissem mais fortes para dar sequência a competição”, destacou Cézar Douglas.

Equipes: 

RJX: Bruninho, Theo, Lucão, Riad, Thiago Alves, Thiago Sens e Mário Junior (líbero)
Técnico: Marcelo Fronckowiak 

Vôlei Futuro: Ricardinho, Gui Hage, Rapha, Bruno Temponi, Vini, Ialisson e Polaco (líbero)
Técnico: Cezar Douglas 


Fonte: Espaço do Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário