quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Superliga Feminina: Amil se reabilita diante do desfalcado Usiminas

Disposto apagar o resultado sofrido diante do Banana Boat/Praia Clube, o Vôlei Amil entrou mordido na Arena Vivo, nesta sexta-feira (11), para desafiar a Usiminas/Minas. E quem pagou o pato foram as meninas de Jarbas Soares, que cruzaram com um rival agressivo no saque e eficiente no ataque.

Resultado: vitória das visitantes por 3 sets a 0, com direito a parciais de 25/20, 25/20 e 25/22. Desta forma, a equipe de Zé Roberto chegou aos 20 pontos e permaneceu no G-4 da Superliga. A Usiminas, por sua vez, permaneceu com os mesmos 10 tentos e caiu para a sétima posição, sendo ultrapassada pelo Pinheiros.

Agora, os dois elencos se preparam para a segunda metade da etapa classificatória. Na terça-feira (15), às 21 horas (de Brasília), o Vôlei Amil abre a primeira rodada do returno diante do Sollys/Nestlé. Antes, às 20h15, a Usiminas corre atrás da recuperação diante do Rio do Sul em Santa Catarina.

                                                                                                                                                                                                                                                                                        Felipe Christ

V. Amil fechou o primeiro turno com 20 pontos na conta
 
V. Amil domina anfitriãs
Para o primeiro compromisso do ano, a Usiminas não pôde escalar as lesionadas Claudinha e Bárbara. Giovana e Raquel substituíram a levantadora e a central, respectivamente. O Vôlei Amil, por sua vez, entrou com força máxima, incluindo Ramirez, de volta à Arena Vivo após passar a última temporada em Belo Horizonte.

E o confronto entre paulistas e mineiras esteve parelho até a segunda parada técnica. Daí para frente, as donas da casa não conseguiram furar a defesa das paulistas, que abriram boa vantagem. Carla, com bons ataques pela entrada, ainda tentou dar sobrevida às minastenistas. Mas Pri Daroit e companhia foram mais regulares para levar a parcial.

Usiminas tem problemas no passe, e V. Amil faz 2 a 0
Após o bom trabalho no primeiro set, as campineiras se encheram de ânimo para o segundo. As belo-horizontinas sentiram e deixaram o placar escapar. Jarbas Soares não pensou duas vezes e solicitou tempo. Lia e companhia entenderam bem as instruções e voltaram à quadra com outra disposição. Com isso, a diferença das paulistas caiu para um ponto (10/11).

Mas foi só o saque do Vôlei Amil voltar a funcionar para a vantagem crescer. As passadoras minastenistas tiveram dificuldades para colocar a bola nas mãos de Giovana e, como consequência, carregaram a pressão para o ataque. A boa margem permitiu que Zé Roberto colocasse Ju Nogueira, Pri Heldes e Rosamaria no trecho final. E foi com elas que o Vôlei Amil fechou o set.

Campineiras alcançam a vitória
A um set do triunfo, o Vôlei Amil abriu a terceira parcial com disposição de sobra para voltar logo ao hotel. Mas, após fazer 4 a 1, as meninas de Zé Roberto permitiram que as anfitriãs encostassem (4/5). Daí pra frente, o embate entre mineiras e paulistas foi brigado ponto a ponto.

E a torcida da casa foi ao delírio com o ataque de Fê Isis, que colocou a Usiminas na liderança (14/13). As meninas de Jarbas gostaram de jogar à frente e se mantiveram no posto. Mas o grupo campineiro fez valer a experiência para voltar ao topo. E de lá não saiu. Por 25 a 23, as visitantes colocaram um ponto final na partida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário