sábado, 26 de janeiro de 2013

Superliga Feminina: Pinheiros apronta "Zebra" e bate Osasco na casa do adversário

A quarta rodada do returno da Superliga Feminina começou com surpresa, nesta sexta-feira (25/01). Favorito e atuando em casa, o Sollys Nestlé foi surpreendido pelo Pinheiros e perdeu por 3 sets a 1, com parciais de 25-16, 28-16, 25-20 e 19-25.

O Pinheiros começou a partida muito bem, contando com boa atuação da líbero Leia, que conquistou o prêmio Viva Vôlei, e da ponta Ellen Braga, que só no primeiro set marcou sete pontos. Já a equipe Osasquense encontrava dificuldades em todos os fundamentos, cometendo muito erros, inclusive cedendo sete pontos para o rival no primeiro set.
 Com Ellen Braga e Leia inspiradas, Pinheiros vence Sollys Nestlé em Osasco
                                                 Bloquei do Pinheiros fez bem a sua parte

Na segunda parcial, as duas equipes se equilibraram e arrastaram a decisão para os últimos pontos. Diferente de outros jogos, quando o Pinheiros pecava nos momentos de fechar o set, desta vez as visitantes mantiveram a calma e venceram também o segundo set.

No terceiro set, o bloqueio do Sollys Nestlé funcionou, com cinco pontos e desequilibrou, mantendo as laranjas na partida. Porém, no quarto set, os erros voltaram a se repetir (nove no set e 25 no total) e o Pinheiros confirmou a surpresa vencendo por 25 a 19. Com 24 pontos, Ellen Braga foi a melhor pontuadora do jogo, seguida de Fernanda Garay, com 17 e Thaísa, com 16, pelo time de Osasco.

A atacante Ellen Braga voltou a fazer uma bela apresentação após meses de recuperação de uma lesão na seleção de novos

“Com certeza, esse jogo será um divisor de água para nós. E esse troféu era para ser dividido por toda equipe, que jogou muito bem, com alegria, solta, sem responsabilidade, mas respeitando esse grande adversário que é o Sollys/Nestlé. Essa vitória nos ajudará muito para nossos próximos compromissos”, declarou Leia, ovacionada ao fim do jogo pelas companheiras.

Luizomar de Moura, técnico do Sollys/Nestlé, encheu a bola de Leia, que, segundo ele, foi quem desestabilizou sua equipe. “Se eu ficar só falando do meu time, vou desmerecer a grande atuação do Pinheiros. A Leia fez uma partida memorável. Pegou tudo, e isso irritou nossa equipe, que não teve paciência para mudar o jogo. Mas que essa derrota nos sirva de alerta, pois daqui a pouco já começa o mata-mata. Parabéns ao Pinheiros”, disse Luizomar.

Agora, o Osasco torce para que o Banana Boat/Praia Clube não vença para permanecer na vice-liderança. A equipe volta a quadra na terça-feira (29/01), novamente em casa contra Rio do Sul. Já o Pinheiros, que permanece em sétimo, recebe o São Cristóvão Saúde/São Caetano.


Sollys Nestlé: Adenizia (12), Thaísa (16), Jaqueline (9), Sheilla (3), Fernanda Garay (17), Fabíola (2) e a líbero Camila Brait. Entraram: Ivna (8), Karine e Gabi . Técnico: Luizomar de Moura.

Pinheiros: Ellen (24), Lara (7), Macris (7), Andréia (15), Carol (4), Glauciele (5) e a líbero Léia Entraram: Vivian (1) e Silvana. Técnico: Wagão

Nenhum comentário:

Postar um comentário