sábado, 26 de janeiro de 2013

Superliga Feminina: Rio do Sul bate lanterna São Bernardo

Nas arquibancadas do Artenir Werner, a torcida catarinense fez sua parte e gritou em coro o nome do Rio do Sul. Dentro de quadra, o time de Rogério Portela deu um pequeno susto no primeiro set. Nos outros três, porém, as anfitriãs reagiram e não deixaram ninguém voltar frustrado para casa nesta sexta-feira (25).

Pior para o São Bernardo Vôlei, que não sustentou o bom início e deixou pela 13ª vez seguida a quadra na condição de derrotado. Desta forma, Neneca, Elis e companhia faturaram mais três pontos ao anotar 3 sets a 1, parciais de 21/25, 25/13, 25/19 e 25/17, pela quarta rodada do returno da Superliga.

                                                                                       Alexandre Arruda/CBV

Sulistas estão na oitava posição
 
Wime, em jornada inspirada, foi o principal nome da virada catarinense e colecionou 18 acertos. Neneca também ajudou bem e guardou outros 17 pontos. Além disso, o Rio do Sul se destacou no saque e marcou 11 aces. O ponto negativo ficou por conta do número de erros: 30 contra 20 das paulistas.

O elenco de Portela chegou aos 12 pontos e se consolidou na oitava colocação. O São Bernardo, por sua vez, seguiu com um e na lanterna. E a vida continua dura para Renatinha e companhia, que recebem na segunda-feira (28), às 18h30 (de Brasília), o Vôlei Amil. No dia seguinte, às 19h30, as sulistas visitam o Sollys/Nestlé.

“Havia uma pressão muito grande, pois, para nossas pretensões no campeonato, a vitória seria de fundamental importância. O time agora precisa descansar bem porque na próxima rodada terá um desafio muito grande contra o Sollys em Osasco”, lembrou o técnico Rogério Portela.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário