sábado, 26 de janeiro de 2013

Superliga Masculina: Vôlei Futuro vira contra Canoas em Araçatuba


O Móveis Kappesberg/Canoas deu mole e passou a correr o risco de sair do grupo dos quatro melhores times da Superliga masculina. Neste sábado (26), fora de casa, a equipe do Rio Grande do Sul perdeu de virada para o Vôlei Futuro por 3 sets a 1, com parciais de 19/25, 25/22, 25/16 e 25/22. 

Este resultado rende mais três pontos na tabela de classificação para os meninos de Cezar Douglas, que agora somam um total de 19, o que pode fazê-los ganhar uma posição na tabela. Por sua vez, o Canoas fica com os mesmos 27 que tinha antes e pode cair para quinto, caso a Medley/Campinas supere o Super Imperatriz logo mais. 

Na próxima quinta-feira (31), as duas equipes voltam à quadra. O Canoas recebe a Funvic/Midia Fone a partir das 20 horas (de Brasília), enquanto o time de Araçatuba tem missão mais complicada, uma vez que enfrenta o RJX, em casa, uma hora mais tarde.

                                                                                                                
O Canoas não se importou com a pressão da torcida e dominou o primeiro set de ponta a ponta. Diante de um ataque poderoso do Vôlei Futuro, comandado por Rapha, os sulistas se desdobraram no bloqueio e levaram vantagem. Os donos da casa também facilitaram para os oponentes, entregando incríveis 12 pontos, o dobro do que receberam. 

O Vôlei Futuro não desistiu e correu atrás para reverter a situação. Depois de ver os rivais começarem o segundo set à frente novamente, a equipe de Cezar Douglas melhorou no bloqueio e na virada de bola para virar o placar desfavorável de 16 a 18 para 20 a 18. A partir disso, Ricardinho e companhia não permitiram que a turma de Gustavo voltasse a liderar. Assim, os mandantes fecharam em 25 a 22 e empataram o confronto.  

A vitória embalou os araçatubenses, que voltaram com tudo para a terceira etapa. Logo de cara, a turma de Michael abriu 6 a 1, vantagem que só aumentou ao longo da disputa. E muito graças à eficiência do bloqueio e aos erros cometidos pelos pupilos de Paulão. Dentinho e companhia perderam a concentração e entregaram 11 tentos ao Vôlei Futuro, o que facilitou a caminhada rumo aos fáceis 25 a 16. 

Sem dar chances para o azar, o Vôlei Futuro contou com o apoio dos torcedores para finalizar a disputa na quarta parcial. Além dos gritos dos araçatubenses, a equipe de Ricardinho contou também com Bruno Temponi, inspirado no ataque. O ponteiro virou cinco das 15 bolas que os vencedores tiveram na parcial. Assim, os paulistas venceram por 25 a 22 e fizeram a festa em casa. 
 
Fonte: Saque Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário