sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Superliga: RJX segura Funvic e fica mais uma rodada no topo


O encontro entre o líder e o lanterna da Superliga masculina de vôlei foi mais duro do que se previa. Mas terminou com o resultado esperado. Jogando em Pindamonhangaba (SP), o RJX venceu a inconsistência para fazer 3 sets a 1 na Funvic/Midia Fone, derrotada por parciais de 25/19, 20/25, 30/28 e 25/22.

Substituo de Theo, Da Silva foi um dos protagonistas do triunfo e terminou com o troféu VivaVôlei debaixo do braço. Já Índio foi o maior pontuador, com 19 acertos para os anfitriões. Pelo lado dos visitantes, Lucão mais uma vez foi a bola de segurança de Bruninho e contabilizou 15 acertos.
 
Com o resultado, o RJX foi a 28 pontos e segurou o topo da competição. O elenco do interior paulista, por sua vez, não saiu dos sete tentos e tampouco da última colocação. A chance de mudar essa história é no sábado (19), mais uma vez em casa, contra a UFJF. No mesmo dia, o RJX defende a ponta contra o Volta Redonda no Rio.

Mesmo ciente de que vencer o RJX era missão pra lá de impossível, a Funvic não abaixou a guarda e fez um primeiro set disputado até o nono tento. Foi o suficiente para a torcida se animar no Juca Moreira. Mas o time de Marcelo Fronckowiak foi mais eficiente na finalização para retomar a liderança e marcar 25 a 19, após o bloqueio de Riad.
 
A troca de lado não fez bem aos cariocas, que colecionaram uma série de erros no segundo set. Os meninos de Pindamonhangaba se aproveitaram dos vacilos e abriram tranquilos 20 a 11. Bruninho, que havia começado no banco, foi chamado para resolver a situação. Da Silva e Ualas também. O RJX até diminuiu a distância, mas não houve tempo para evitar o 25 a 20.

Bruninho foi mantido no lugar de Guilherme no terceiro set. Já Riad e Theo reassumiram o posto de titular. Mas a Funvic continuou a surpreender, a ponto de chegar à segunda parada técnica com 16 a 14. E fizeram mais. Abusados, os anfitriões tiveram três set points a favor. Mas quem não faz... O RJX se valeu da experiência para cravar 30 a 28 e respirar mais aliviado.

A heroica vitória não fez o sexteto azul e branco entrar mais ligado na quarta parcial. Resultado: a Funvic abriu 9 a 6. Isso até Da Silva aparecer bem e tirar o RJX da situação adversa. No embalo do oposto, o RJX passou a liderar a disputa. E tudo ficou ainda melhor quando Dante bateu bem para fechar em 25 a 22.
 
Fonte: Saque Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário