quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Superliga Feminina Play Offs: Paredão Azul sufoca Rio do Sul e Unilever abre a série melhor de 3

A história de Davi e Golias é muito usada para contar confrontos entre pequenos e grandes. Caberia bem para o embate entre o Rio de Janeiro, que se classificou em primeiro às quartas de final da Superliga feminina, contra o Rio do Sul, oitavo da fase inicial. Encaixaria bem para o duelo entre a oposto canadense Sarah Pavan, de 1,96m, e a ponteira Elis, de apenas 1,68m. Mas, se no relato bíblico o menor vence o gigante, na quadra isso esteve bem longe de acontecer. Com uma boa atuação da estrangeira e um bloqueio forte - foram 21 pontos no fundamento - , a equipe carioca confirmou seu favoritismo e venceu por contundentes 3 sets a 0 (25/19, 25/13 e 25/18), abrindo 1 a 0 na melhor de três partidas por uma vaga na semifinal.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 16h, no Ginásio Artenir Werner, em Rio do Sul. O SporTV transmite a partida. Em caso de vitória carioca, o time de Bernardinho avança às semifinais. Se acontecer um triunfo catarinense, a série volta ao Rio de Janeiro para o decisivo jogo 3.

Volei - Rio de Janeiro x Rio do Sul (Foto: Pedro de Souza/Adorofoto)                    Sarah Pavan passa com facilidade pelo bloqueio de Elis e Paula Barros 
 
O jogo
 O Rio de Janeiro entrou em quadra com um paredão. Dos cinco primeiros pontos  do time, quatro foram de bloqueio. Mas, apesar de comandarem o placar desde o início, as cariocas não tiveram moleza. Com muita disposição, o Rio do Sul não deixava a equipe da casa fugir muito no placar, mesmo com a boa atuação de Sarah, autora de seis pontos na parcial. Mas o nervosismo fez diferença na reta final. O time catarinense começou a cometer erros, viu o rival abrir vantagem e fazer 25/19 quando Paula Barros cometeu dois toques.

O segundo set foi mais tranquilo para a equipe mandante. Novamente contando com um bloqueio muito forte, o Rio de Janeiro abriu 19/8 depois de três pontos seguidos neste fundamento. Pressionado, o Rio do Sul também cometia muitos erros e pouco fez para segurar o adversário. Maior pontuadora do time catarinense no segundo set, com cinco pontos, Elis atacou para fora e deu a vitória na parcial para as cariocas: 25/13.

O Rio de Janeiro manteve a força no início do terceiro set e chegou a abrir 4/1, mas viu o Rio do Sul reagir rápido e empatar em ataque para fora de Natalia. O time de Santa Catarina chegou a ficar na frente, após novo erro da ponteira (11/10). Mas não durou muito. As comandadas de Bernardinho voltaram a bloquear bem e marcaram sete pontos seguidos. As visitantes até ameaçaram uma reação, mas ficou nisso. Com tranquilidade, o time carioca fez  25/18, em um bloqueio, para garantir a vitória por 3 sets a 0.
publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário