terça-feira, 5 de março de 2013

Superliga Feminina Play Offs: Pinheiros vence jogo na "raça" e empata série

Foi um jogo cheio de surpresas. Quem esperava ver a jovem equipe do Pinheiros sofrer com a pressão de ter que ganhar em casa do Vôlei Amil para seguir vivo na competição, se enganou.
Atuando com o ginásio lotado e a favor, o time da casa venceu o time de Campinas por 3 a 2, parciais de 31/29, 25/14, 16/25, 23/25 e 15/11. O destaque da vitória do Pinheiros foi a Ellen Braga, que anotou 26 pontos e recebeu o troféu Viva Vôlei, além do bloqueio do time da casa, que anotou 23 pontos, quase um set inteiro.

A partida em si foi cheia de variáveis. O Vôlei Amil, que mais uma vez não contou com Fernandinha, ainda se recuperando de dores no pescoço, fez um set muito disputado com o time da casa, que se prolongou até o 31 a 29. Os seis pontos de bloqueio do time e os oito de Ellen foram decisivos.
No segundo set, o time de Campinas esteve irreconhecível. O ataque não funcionou e novamente, oito pontos de Ellen ajudaram o Pinheiros no baile: 25-14. No terceiro set, o time da casa sentiu a ansiedade em fechar o jogo e levou o troco. Errando demais (nove erros), o Pinheiros perdeu por 25-16.
No quarto set, as duas equipes jogaram muito. Atrás, o Pinheiros sempre corria atrás do placar e no fim do set conseguiu chegar empatando em 23 a 23. Porém, os 7 pontos de Ramirez decidiram a favor das Campineiras.



Pinheiros abre, sofre empate, mas força o terceiro jogo contra o Vôlei Amil
                                                       Lara comemora a vitória de seu time

No tie-break, o bloqueio Pinheirense, com Carol e Lara decidiram o jogo. Vasileva, destaque do Vôlei Amil foi anulada e com o 15-11, o Pinheiros garante o empate na série e leva a decisão para Campinas na terça-feira, dia 5.
Ao fim do jogo, Ellen ressaltou a coragem do time. “Somos jovens e fomos muito corajosas. Agora não é só isso, temos que focar no próximo jogo. Fizemos mais de 20 pontos de bloqueio, fazemos disso nosso diferencial, mas ainda podemos melhorar ainda mais e conseguir mais pontos de bloqueio”, disse a ponta.

José Roberto Guimarães fez questão de parabenizar o Pinheiros pela vitória. “O Pinheiros mereceu a vitória, foram melhor mais tempo que o nosso time, deram mais volume, bloqueou melhor. Jogamos bem o terceiro, até a metade do quarto, mas eles estão de parabéns pelo trabalho. O importante é aprender com isso, fica a lição. O Pinheiros vem acreditando que pode ganhar e o nosso time se não melhorar o bloqueio e a defesa, vai ser complicado novamente”, afirmou o técnico.
Quem vencer o terceiro jogo, encara nas semifinais o Sollys/Nestlé, que eliminou o Usiminas/Minas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário