domingo, 14 de abril de 2013

Entrevista: Bruninho: 'Acham que só estou na seleção por ser filho do Bernardinho'


Com apenas 26 anos, Bruninho escreveu o seu nome da história da Superliga masculina de vôlei. Neste domingo, o levantador foi um dos maiores personagens da impressionante virada do Rio de Janeiro sobre o Cruzeiro por 3 sets a 1 (15/25, 25/18, 25/18 e 25/14), que rendeu aos cariocas o primeiro título no torneio. O jogador sagrou-se hexacampeão e tornou-se o maior vencedor da competição nacional. Emocionado, dedicou o ouro a todos os que o apoiaram na trajetória rumo ao topo. E desabafou:

- Estou muito feliz. Sou carioca e poder trazer essa alegria nesse novo projeto com o título é sensacional. Estou muito feliz, é indescritível o que estou passando agora. Poucas pessoas ainda duvidam do meu talento e do meu trabalho, acham que eu só estou na seleção porque sou filho do Bernardinho, mas eu provo a cada dia que não é nada disso. Sou hexacampeão e não quero que ninguém duvide da minha capacidade.

No último fim de semana, a equipe feminina do Rio de Janeiro, comandada por seu pai, Bernardinho, demonstrou muita garra e equilíbrio ao virar a diferença de 2 sets a 0 para cima do Osasco e, por 3 a 2, conquistar o oitavo título da equipe.

- O meu pai trabalha muito e também merecia o título. E sendo pai, ele sofre em momentos como estes, mas tenho certeza que ele está muito feliz - disse o levantador, que aproveitou para agradecer ao apoio dos amigos de Campinas (SP) e Florianópolis (SC).

Um comentário:

  1. Ele entrou na Seleção porque era filho do Bernadinho, graças ao Pai ele se tornou um excelente levantador.
    Ele está na Seleção porcausa do Pai...
    Parabéns pro Bernado pelo trabalho que fez com o Filho.

    ResponderExcluir