terça-feira, 9 de abril de 2013

Mercado Nacional: Praia Clube quer campeonato mineiro e gerente busca reforço no exterior


Depois de fazer sua melhor campanha na Superliga de Vôlei, conquistando o quinto lugar na temporada 2012/2013, o Praia Clube negocia a a montagem do elenco que vai disputar as próximas competições. Até o momento a equipe de Uberlândia garantiu duas caras novas: a central Natália Martins, que atuou pelo Sesi-SP no último torneio nacional, e a ponteira Isabela Paquiardi, ex-São Caetano.

Segundo o gerente de vôlei do clube, André Lelis, o Praia está mantendo conversas com muitas jogadoras de renome, mas ainda não há negociações concretas. Porém, o mercado internacional é um alvo que vem sendo bastante observado.

- Está bastante favorável hoje. Grandes jogadoras que atuam no exterior querem retornar ao Brasil. A Superlida é um dos melhores campeonatos do mundo e o Praia Clube é uma equipe onde muitas atletas gostariam de jogar. Estamos analisando perfis de jogadoras que podem se encaixar com o nosso time – disse o gerente.

Para reforçar o grupo nesta temporada, o Praia busca ponteiras, oposta e uma líbero, para ocupar a vaga de Arlene. Ainda de acordo com André Lelis, três jogadoras da base serão incorporadas ao elenco: uma ponteira, uma levantadora e uma líbero.

- O Spencer [técnico] deseja contar com 16 jogadoras. A posição de líbero hoje é estratégica pra gente. Nós ainda deveremos trazer uma oposta que tenha bom passe, com as características da Monique, por exemplo, e uma ponteira que também tenha essa qualidade – explicou.

O atual elenco do Praia tem nove jogadoras: Herrera, Michele Pavão e Isabela Paquiardi (ponteiras); Letícia Hage, Mayhara e Natália (centrais); Camila Torquette e Juliana Carrijo (levantadoras); Monique Pavão (oposta).

Calendário
O clube deve iniciar os treinamentos para o início da temporada 2013/2014 entre maio e junho. A definição da data vai depender das competições que a equipe terá pela frente nos próximos meses. De acordo com o gerente André Lelis, o clube já reivindicou junto à Federação Mineira de Vôlei a realização do campeonato estadual, competição que não esteve no calendário no ano passado.

- Ainda que seja preciso convidar equipes de outros estados para formar outra competição, não podemos ficar sem jogar. Há a possibilidade também de representar o Estado nos Jogos Abertos Brasileiros – concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário