segunda-feira, 8 de abril de 2013

Superliga: Fê Garay não consegue explicar derrota de virada


Ainda não foi desta vez que Fernanda Garay sentiu o sabor de vencer pela primeira vez uma Superliga feminina. E foi por pouco. Mas, após abrir 2 a 0 sobre a Unilever, neste domingo (7) no ginásio do Ibirapuera, o Sollys/Nestlé sofreu uma incrível virada. Virada esta que deixou a ponteira chateada.

- É difícil analisar agora de cabeça quente, bem emotiva. Cada jogadora tentou fazer o seu melhor, superar a adversidade. A equipe da Unilever teve muito mérito, elas saíram de uma situação bem adversa. A nossa, pelo contrário, estava mais confortável, depois se abateu e não conseguiu reverter a situação - analisou a melhor atacante do torneio.

Assim como todo o time, Garay começou bem a decisão em São Paulo. Mas, a partir da metade, não manteve o mesmo ritmo, o que culminou na derrota.

- Doeu mais porque eu acreditava muito nessa equipe. Ela era muito capaz. Cada uma das jogadoras era muito especial, tentou fazer o seu melhor. Esse grupo merecia muito ganhar. Sinceramente, quero esquecer agora.

fonte: SaqueViagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário