domingo, 14 de abril de 2013

Superliga: RJX vence o Sada Cruzeiro e conquista o título da competição


Líder da fase classificatória, o RJX (RJ) manteve a boa sequência nos playoffs e, neste DOMINGO (14.04), conquistou o título de campeão da Superliga masculina de vôlei 12/13. Na final, o time carioca derrotou o Sada Cruzeiro (MG), de virada, por 3 sets a 1 (16/25, 25/18, 25/18 e 25/14), em 1h49 de jogo realizado em um dos principais palcos do vôlei brasileiro: o Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ), diante de 11 mil pessoas.

O JOGO
O central Lucão abriu o jogo com ponto a favor do RJX. O Sada Cruzeiro devolveu e passou à frente em 3/2. No bloqueio, o time mineiro aumentou a vantagem para 7/4. Depois, no ace do central Rogério, a equipe cruzeirense fez 9/5. Seguindo bem no bloqueio, o Sada Cruzeiro continuou no comando do marcador (15/8). O time carioca não conseguia parar o poderio de ataque do adversário. Depois de uma bola bastante disputada, o ponteiro Filipe botou no chão e levou o Sada Cruzeiro a 10 pontos de vantagem: 21/11. E, sem muita dificuldade, os mineiros fecharam o set em 25/16.

Lucão foi o escolhido pelo levantador Bruninho para abrir novamente o segundo set. Com o ponteiro Dante no saque, o time carioca ainda abriu 3/0. Com bom desempenho no bloqueio, o RJX seguiu na frente e fez 6/2. Diferente do primeiro set, o time do Rio de Janeiro dominava a parcial e, no bloqueio do oposto Theo, fez 11/6. O Sada Cruzeiro não permitia que o adversário escapasse no placar e esse aproximou em 12/9. Bruninho pontuou no bloqueio e o time carioca fez 15/11. Com dois bloqueios consecutivos, o RJX aumentou a diferença no placar para seis pontos: 18/12. Wallace marcou bem o ataque adversário e, também no bloqueio, fez 18/14. Desta vez, o RJX levou a melhor e, no ace do ponteiro Thiago Alves, fechou em 25/18.

Após a vitória na segunda parcial, o RJX começou bem na terceira e, com o central Lucão no saque, fez 3/1. Mas o Sada Cruzeiro não se abateu e, no ponto direto de saque do oposto Wallace, deixou tudo igual em três pontos. O set foi mais equilibrado, mas, no bloqueio de Lucão, o time carioca abriu três de vantagem: 9/6. O paredão do RJX seguiu eficiente e, com Lucão inspirado também no saque, fez 15/9. A equipe do Rio de Janeiro comandou o placar até a reta final do set, quando fez 21/14. Mais uma vez com Thiago Alves, o RJX fechou o set em 25/18.

Em vantagem no placar, o time carioca começou melhor também no quarto set e, contando com erros do adversário, logo abriu 6/2. Nesse momento, o técnico do Sada Cruzeiro, Marcelo Mendez, pediu tempo. Dante bloqueou e o time carioca fez 10/4. Logo depois, o ponteiro marcou ponto de saque e fez 13/6. Com o apoio da torcida, o RJX imprimiu um ritmo forte mais uma vez e, contando com boa atuação de todo o grupo, fez 19/10. Com ataques potentes do oposto Theo, o RJX abriu 10 de vantagem em 22/12. E foi no ace de Theo que o RJX fechou o jogo em 25/14 e conquistou o título de campeão.

EQUIPES
RJX – Bruno, Theo, Lucão, Riad, Thiago Alves e Dante. Líbero – Mário Júnior
Entraram – Guilherme, Paulo Victor, Ualas
Técnico: Marcelo Fonckowiak
SADA CRUZEIRO – William, Wallace, Douglas Cordeiro, Rogério, Filipe e Leal. Líbero – Serginho
Entraram – Maurício, Daniel, Sanchez
Técnico: Marcelo Mendez

Nenhum comentário:

Postar um comentário