segunda-feira, 6 de maio de 2013

Mercado Nacional: Italiana no Sollys


A italiana Caterina Chiara Bosetti, de 19 anos, é a nova contratada do Sollys/Nestlé para a temporada 2013/14. Campeã e melhor jogadora do Campeonato Mundial Juvenil de 2011, disputado no Peru, a ponteira é um dos jovens talentos do voleibol mundial e o técnico Luizomar de Moura teve participação decisiva para que a atleta escolhesse jogar no Brasil e no atual campeão paulista e do mundial de clubes.


- O técnico Luizomar me convenceu que eu era a jogadora que o time precisava e ele é um dos treinadores mais talentosos do mundo. Estou muito feliz e honrada por ter sido contratada pelo Sollys/Nestlé, um dos clubes mais importantes do mundo. Jogar junto com várias campeãs olímpicas será muito importante para mim e farei o meu melhor para provar que posso contribuir para uma equipe tão forte. Estou animada para começar esta nova aventura em um país lindo como o Brasil. - disse Bosetti.

Apesar de jovem, Bosetti já tem um currículo com muitas conquistas. A jogadora foi medalhista de ouro do Campeonato Europeu Juvenil, em 2010, e conquistou o Campeonato Mundial Juvenil, em 2011. Individualmente, a italiana foi eleita a melhor atleta do Europeu de 2010, melhor atacante e melhor jogadora do Mundial Juvenil de 2011 e melhor jogadora da Supercopa da Itália, em 2012, atuando pelo clube Villa Cortese, da Itália.


- Eu ainda sou muito jovem, mas estou convencida de que posso me sair bem e agregar ao Sollys/Nestlé e ainda ser ajudada com o idioma por jogadoras que já jogaram na Itália. A Nestlé é uma empresa muito famosa na Itália e com esta equipe temos todas as condições de representar bem este grande patrocinador. Esperamos fazer os fãs felizes. Sei que no Brasil a torcida é especial, são muitas pessoas que acompanham os jogos e, portanto, estarei mais motivada a jogar melhor - declarou a italiana.


Bosetti chega para compor o grupo do Sollys/Nestlé para a temporada 2013/14. No momento, a equipe comandada pelo técnico Luizomar já conta com Thaísa, Adenízia, Camila Brait, Fabíola, Sheilla, Gabi, Larissa e a levantadora Ana Maria. Para finalizar, Bosetti faz questão de agradecer ao Villa Cortese pelos quatro anos que defendeu o clube e a outras pessoas importantes em sua carreira.


- Agradeço ao meu pai e minha mãe que me ajudaram a fazer esta escolha. Eles são treinadores, estão familiarizados com o voleibol brasileiro e me aconselharam a aceitar este desafio. Além disso, quero agradecer também o clube de Villa Cortese, que me fez crescer nestes quatro anos - finalizou a atleta, que defendeu a seleção italiana principal nos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário