domingo, 5 de maio de 2013

Sul-Americano: Unilever vence a terceira seguida e decide título com equipe peruana


A Unilever, oito vezes campeã da Superliga, permanece invicta no Campeonato Sul-Americano de Clubes, que está sendo disputado em Lima, no Peru. Pela quarta rodada da competição, na madrugada deste domingo (5/5), a equipe carioca derrotou o argentino Vélez Sarsfield por 3 sets a 1 (25/11, 25/12, 23/25 e 25/16), no ginásio Manuel Bonilla, garantindo sua terceira vitória seguida. Neste domingo, às 24h (horário de Brasília), a Unilever, que busca o título inédito, volta à quadra para a partida decisiva contra a equipe da Universidad Cesar Vallejo, do Peru, que também venceu seus três jogos anteriores.

Na opinião da levantadora Fofão, a Unilever não fez uma boa partida contra o Vélez Sarsfield.

- Apesar de um bom começo de jogo, cometemos muitos erros. Faltou tranqüilidade principalmente no terceiro set. Era importante ter vencido por 3 a 0 para ter mais tempo de descanso para o jogo contra o Peru, equipe da casa, que terá a torcida a seu favor na decisão - comentou.

No primeiro set da partida, quando a Unilever vencia por 20/ 9, a meio-de-rede Valeskinha sofreu uma lesão no tendão patelar do joelho esquerdo e foi substituída por Mara. Segundo o fisioterapeuta da equipe carioca, Guilherme Tenius, o Fiapo, a jogadora será submetida a exames de imagem no retorno ao Brasil para diagnosticar o grau da lesão.

O jogo

A partida contra o Vélez Sarsfield foi o mais equilibrada para o time carioca. Depois de vencer com facilidade o primeiro e segundo sets, a Unilever parecia dominar com tranquilidade o terceiro set e chegou em vantagem nas duas paradas técnicas: 8/3 e 16/11. Porém, o time perdeu a concentração, cometeu erros de passe e de ataque, permitindo a virada do adversário argentino, que fechou a parcial em 25/23. No quarto set, o jogo iniciou equilibrado até 8/6, mas, depois da primeira parada técnica, a Unilever soube impor seu ritmo e se distanciou no marcador até fechar a parcial em 26/16.

A Unilever jogou com a levantadora Fofão, a oposta Bruna, as ponteiras Gabi e Natália, as meios-de-rede Valeskinha e Juciely e a líbero Fabi. Entraram: Mara, Régis e Roberta e Amanda.

O Sul-Americano de Clubes, que vale vaga para o Mundial de Clubes, em outubro, na Suíça, está sendo disputado no sistema de todos contra todos em turno único, sendo campeã a equipe que fizer mais pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário