sábado, 8 de junho de 2013

Vôlei Nacional: Sanja Malagurski completa 23 anos neste sábado e está feliz com chegada ao Sollys/Nestlé


A sérvia Sanja Malagurski é o novo reforço do Sollys/Nestlé para a temporada 2013/14. Feliz com a oportunidade de jogar no voleibol brasileiro, a atleta completa 23 anos neste sábado, 08 de junho, e mesmo jovem traz em seu currículo uma experiência olímpica, já que defendeu a seleção de seu país nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008, quando ainda tinha apenas 18 anos e ajudou a Sérvia a chegar as quartas de final do torneio. Malagurski também tem em seu histórico o título do Campeonato Europeu de 2011.


- O acerto aconteceu de forma relativamente rápida e tive a oportunidade de falar pessoalmente com o treinador Luizomar, o que contribuiu bastante para a minha decisão de ir para o Brasil. Tenho certeza de que estou em um grande clube, onde poderei jogar com Sheilla, Thaísa e outros grandes nomes do voleibol brasileiro. Estou ciente que tenho muito para aprender e melhorar e que estou dando um passo à frente na minha carreira. Estou muito contente por essa oportunidade de jogar no Brasil, onde os ginásios estão sempre cheios e isso motiva muito os jogadores. Sei que o Sollys/Nestlé disputou a final da última temporada do campeonato nacional e espero com o meu trabalho contribuir para obter melhores resultados para o clube - declarou Malagurski.


Malagurski, que tem 1,93m, é a segunda estrangeira contratada pelo Sollys/Nestlé. Antes dela, o clube laranja já havia acertado a chegada da italiana Caterina Bosetti, de 19 anos. As duas jogadoras foram companheiras na temporada passada, pois defendiam o time italiano Villa Cortese. Na temporada 2012/13, o Sollys/Nestlé conquistou os títulos do Campeonato Paulista, dos Jogos Abertos do Interior, do Sul-Americano de Clubes e do Campeonato Mundial de Clubes. Até o momento, o elenco do time laranja conta com as levantadoras Fabíola e Ana Maria, as centrais Thaísa, Adenízia, Larissa e Marjorie, as opostas Sheilla e Lia, as ponteiras Malagurski, Bosetti, Gabi e Paula Mohr e as líberos Camila Brait e Dani Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário