sexta-feira, 12 de julho de 2013

Outros: Estrelas do vôlei trocam as joelheiras pelas luvas e sobem no ringue




Considerados dois grandes nomes do voleibol brasileiro, o oposto Lorena e a ponteira Erika Coimbra foram convidados para realizar um treino diferente na Academia VIP da Loja Pretorian, localizada na Rua Oscar Freire, zona oeste de São Paulo. Maiores pontuadores da história da Superliga Masculina e Feminina, os dois atletas tiveram uma aula de introdução ao Muay Thai com o professor e lutador Ery Silva, especialista na luta marcial. 

Para fugir dos treinos aeróbicos habituais e musculação, Lorena e Erika realizaram o aquecimento com a linha de aparelhos funcionais da marca brasileira, realizando um pequeno circuito entre cordas, elásticos, bolas de peso e de equilíbrio. 

- Fiquei cansada antes de subir no ringue (risos). Esses aparelhos são ótimos para treinar e é bom que podem ser aplicados em qualquer esporte, não só na luta - disse Erika Coimbra em tom descontraído, após a sequência de exercícios.

Com a bandagem e as luvas em ordem, os dois craques do vôlei subiram no ringue para começar a aula com Ery Silva, campeão sulamericano, tricampeão brasileiro e tetracampeão paulista de Muay Thai. Socos, chutes, joelhadas e defesas para todos estes golpes foram ensinados. 

Explosivo dentro das quadras de vôlei, Lorena se adaptou bem aos ringues com golpes potentes, e elogiou o universo das lutas marciais. 

- Realmente temos que tirar o chapéu para os lutadores. O trabalho que eles fazem e o ritmo dos treinamentos não é para qualquer um. Tem que ter muito preparo para competir. O Ery deu um show para nós hoje - disse Lorena, que recentemente anunciou que irá permanecer no Brasil para jogar em Maringá-PR, ao lado do amigo e levantador Ricardinho.

Depois de muita prática e repetições, foi a vez de Lorena e Erika fazerem suas primeiras lutas. Cada um enfrentou o professor Ery durante dois minutos, com muita descontração. E depois foi a vez de lutarem entre si, com a arbitragem do professor. Quando o sino tocou, os dois partiram para a luta, mas tudo em tom de brincadeira.

- Embora no final tenha sido mais descontraído, foi muito bacana poder participar deste treino e aprender um pouco mais sobre este universo, pois é um esporte que cresce cada vez mais no mundo e tem atingido todo tipo de pessoas. É muito saudável e dá vontade de continuar. Com certeza vou voltar em breve (risos) - disse a ponteira de 33 anos.

Com uma visão voltada para o êxito dos atletas que vivem intensamente, a Pretorian foi criada pelo universo das Lutas Marciais Mistas (MMA-Mixed Martial Arts), associando à marca aos guerreiros dos ringues e agora de outros esportes. Nas quadras de vôlei, o oposto Lorena é conhecido por ser um dos mais vibrantes durante as partidas, atraindo e empolgando a torcida. Assim é também com Erika Coimbra, que cativa os torcedores por onde passa. Ambos são conhecidos como dois guerreiros das quadras de vôlei, o que levou a Pretorian a conhecer melhor um pouco mais sobre os dois atletas.

Além de serem os maiores pontuadores da história do campeonato nacional, Lorena e Erika irão jogar em equipes recém montadas para a próxima competição. Terceiro colocado na Superliga da temporada passada, o oposto Fabrício Dias, Lorena, 34, trocou o Sesi-SP para jogar em Maringá-PR. 

- Vai ser uma temporada muito boa, quero ver a torcida de Maringá comparecendo em peso na Superliga, vamos correr por fora e treinar muito para bater de frente com qualquer time - disse Lorena. 

 Já a ponteira Erika Coimbra, campeã Pan-Americana, entre diversos outros títulos pela Seleção, irá retornar ao Brasil após três anos atuando no exterior. 

- Está sendo ótimo voltar ao Brasil e poder ficar perto da minha família, que vai me dar energias para que seja uma temporada muito boa - afirmou a atleta, atual campeã polonesa pelo Atom Sopot, que irá jogar em Brasília ao lado de Paula Pequeno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário