domingo, 21 de julho de 2013

World League: Vissotto, Dante e Eder melhoram, e trio está à disposição para decisão


No dia da final, três boas notícias logo pela manhã. Antes da decisão da Liga Mundial contra a Rússia, Leandro Vissotto, Dante e Eder apresentaram melhoras e deverão estar à disposição do técnico para a partida. No treino deste domingo, apenas o segundo foi poupado, mas por cansaço.

Vissotto, que ficou fora das últimas duas partidas por um edema no joelho esquerdo, disse estar pronto para ajudar. Mas, com as boas atuações de Wallace, o oposto afirma que deverá iniciar a partida na reserva.

- Eu melhorei. Ontem, antes do jogo, eu já fiquei à disposição, mas o Bernardo achou melhor não forçar, até pelo histórico contra a Bulgária. Hoje é tudo ou nada, estou pronto para ajudar. O Bernardo deve partir com Wallace, que está muito bem, mas se precisar, estou pronto - afirmou.

Álvaro Chamecki, médico da seleção, afirma que os três jogadores estarão à disposição de Bernardinho para a final contra a Rússia.

- Os três estão bem, com condição de jogo. O Vissotto evoluiu bem, sem dor nenhuma. O Eder não saltou no treino, mas deve ir para o jogo também. O Dante foi mais um trauma, já tinha uma tendinite, mas está bem. Acho que vai para o jogo normalmente. Entre os 12, os três vão ficar.

Eder, que foi poupado na semifinal contra a Bulgária, fez um treino leve pela manhã. Com dores no joelho direito, o central será reavaliado antes da partida, mas deve jogar.

- As dores diminuíram. Não estou 100% ainda, mas estou melhor. No aquecimento, vou ver se sinto a dor ou não. É uma final contra a Rússia. Todos têm de estar em quadra 100%. Hoje eu me poupei um pouco, mas para estar bem na hora do jogo.

Veterano da seleção, Dante fez apenas um trabalho físico na manhã deste domingo. O ponteiro, de 32 anos, machucou o joelho direito em um choque com Lucarelli durante a partida contra a Bulgária. O jogador, porém, amanheceu sem dores e está à disposição.

- Final é um jogo totalmente diferente do campeonato inteiro. A pressão é diferente, a motivação está sempre à flor da pele. Estamos prontos para jogar.

fonte: GloboEsporte 

Nenhum comentário:

Postar um comentário