quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Campeonato Paulista: Confirmado para encarar o São Bernardo, líbero Pará é um dos destaques no Vôlei Brasil Kirin

O simples fato de entrar na vaga de um jogador de Seleção Brasileira com uma competição em andamento poderia abalar um garoto de 19 anos, que está iniciando a carreira no vôlei. Mas Pará não é qualquer garoto. Titular do Vôlei Brasil Kirin nas últimas duas partidas do Campeonato Paulista, o líbero de 1,70m mostrou personalidade para ocupar a vaga de Alan e vem sendo um dos destaques no início dessa temporada.
Pará é fruto das categorias de base do time campineiro. Ele participou da concorrida peneira, que reuniu mais de 300 garotos no Ginásio do Taquaral no final do ano passado, e foi aprovado para participar da categoria juvenil. Desde fevereiro deste ano, o jovem vem se destacando e foi convocado para o adulto, logo no início dos treinamentos. 
O treinador do time de Campinas, Alexandre Rivetti, mostra confiança ao falar sobre o Líbero e já confirma o jogador como titular para o jogo desta sexta-feira (16), contra o São Bernardo, às 18h30, no Ginásio Poliesportivo, em São Bernardo do Campo, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.
- Eu trabalhei com o Pará por seis meses no juvenil e o garoto sempre foi muito importante nos jogos. Conto com ele no grupo sempre, mesmo após a volta do Alan. Confiamos no Pará e procuramos sempre passar isso para ele. O jogador está dando conta e espero que amanhã, contra o São Bernardo, não seja diferente - disse o técnico do Vôlei Brasil Kirin, Alexandre Rivetti.
Pará assumiu a titularidade no duelo contra o Climed/Atibaia pela segunda rodada do Paulista e repetiu a dose contra o Funvic/Taubaté. Com regularidade na recepção e grande defesas no fundo de quadra, o atleta conquistou seu espaço e fez com que o time não diminuísse de rendimento, apesar da ausência de Alan. Tanto é que Vôlei Brasil Kirin saiu com a vitória nos dois jogos.
- No começo senti a pressão, por substituir o Alan, um cara de Seleção Brasileira. Mas o grupo me ajudou muito durante os treinamentos e jogos. Eles conversam bastante comigo, passam experiência, me dão tranquilidade para cumprir bem meu papel. Tenho aprendido bastante com eles e procuro desempenhar isso dentro de quadra - afirmou o jovem.
Apesar da pouca idade, Pará é experiente e vem mostrando isso dentro de quadra. Além dos três anos de Seleção Brasileira nas categorias infanto-juvenil e juvenil, o líbero passou por Pinheiros e Três Corações, de Minas Gerais. 
- Comecei em Belém, no Assembleia Paraense, acabei parando por um problema de saúde, mas em 2011 voltei para a jogar em São Paulo. Neste ano, estou tendo oportunidade no adulto aqui no Vôlei Brasil Kirin e tenho dado meu máximo - completou.
Fazendo jornada dupla, nos treinos do juvenil e adulto, Pará procura passar tudo que aprende para os outros jogadores que também sonham em participar do time adulto. 
- Essa experiência vem sendo boa para mim e meus companheiros, pois tudo absorvo aqui passo para eles e assim crescemos juntos - encerrou o líbero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário