sábado, 3 de agosto de 2013

Campeonato Paulista: Vôlei Brasil Kirin derrota São José dos Campos, de virada, e estreia no Paulista com pé direito


O Vôlei Brasil Kirin não poderia ter uma estreia melhor. Em sua primeira partida oficial, os comandados de Alexandre Rivetti derrotaram o São José dos Campos, por 3 a 1 (19x21; 21x13; 21x19 e 21x10), de virada, no Ginásio do Taquaral, em Campinas, e estreiram com o pé direito no Campeonato Paulista 2013

Com isto, o time campineiro marcou seus primeiros três pontos na competição. Assim como na Superliga do ano passado, quem vencer por 3 a 0 ou 3 a 1 leva três pontos. Quando a partida é decidida no tiebreak, o time vitorioso leva dois e o perdedor um.

- Sabíamos que seria uma partida difícil, não só pelo adversário, mas também pelo peso da estreia, de jogar com a responsabilidade. A partida valeu pela virada, pelo espírito que os jogadores mostraram dentro da quadra, de conseguir reagir dentro do jogo -  avaliou o técnico Alexandre Rivetti.

O jogo 

Apoiado pela torcida, o Vôlei Brasil Kirin começou pressionando no saque. Diogo calibrou o braço e fez os donos da casa abrirem três pontos logo no início da partida. Aos poucos, os visitantes equilibraram o passe e complicaram a vida do time campineiro, que foi para a parada técnica, vencendo por um ponto: 7 a 6. Os times trocaram pontos até a segunda paralisação, com os campineiros ainda na frente na frente: 15 a 14. Na reta final da parcial, o São José encaixou um boa sequência de saques e abriu dois pontos de vantagem - 20 a 18. Rivaldo ainda tentou reagir, mas os visitantes saíram na frente.

A reação campineira começou logo no segundo set. O central Vini aproveitou a sequência de cinco saques de João Paulo Bravo para comandar o paradão. O camisa 11 fechou a porta dos atacantes adversários por duas vezes e ainda rodou contra-ataques importantes e ajudou os campineiros a abrirem quatro pontos de vantagem na primeira parcial: 07 x 03. O Vôlei Brasil Kirin não diminuiu o ritmo. Cada passagem de Bravo pelo saque era um estrago na linha de recepção adversária. Em uma larga do ponta Mineiro no meio do bloqueio adversário, os campineiros conseguiram empatar o jogo.

No terceiro set, o equilíbrio predominou. Concentrados, os times foram bem na virada de bola. Mais precisos no saque, os visitantes conseguiram abrir vantagem de quatro pontos e foram para a segunda parcial vencendo por 15 a 11. Valente, o Vôlei Brasil Kirin reagiu. Mineiro e Gustavão fecharam a porta do oposto Jean e iniciaram a recuperação. João Paulo Bravo, da linha dos três, rodou um importante contra-ataque e incendiou o ginásio, diminuindo a vantagem. Em um bloqueio simples, Rivaldo colocou os campineiros em vantagem: 19 a 18. Depois foi só administrar e virar o marcador.

O período final foi de concentração para o Vôlei Brasil Kirin. O time voltou a pressionar no saque. Comandados por Paulo Renan, que distribuiu bem o jogo e deu mais dinamismo ao time, João Paulo Bravo e Rivaldo dividiram a responsabilidade de colocar a bola no chão. Em ataque de velocidade com Vini, o Brasil Kirin conseguiu fechar o jogo e estrear bem.

O Vôlei Brasil Kirin volta às quadras contra o Climed/Atibaia, no próximo dia 10 (sábado), às 19h30, no Ginásio do Elefantão, em Atibaia. O ponta João Paulo Bravo foi o maior pontuador com 18 pontos.

- O importante foi ter saído com a vitória. Tivemos um nervosismo natural da estreia. Erramos bastante no começo e acredito que podemos evoluir. Vejo que mostramos nosso jogo apenas no quarto set, quando passamos a explorar nossas qualidades e neutralizamos bem os pontos deles - encerrou Paulo Renan

Vôlei Brasil Kirin
Rodriguinho, Rivado, Diogo, João Paulo Bravo, Gustavão, Vini e Alan (líbero)
Entraram: Mineiro, Paulo Renan e Bergamo

São José dos Campos
Pedrinho, Jean, Carlão, Rodrigão, Everton, Rodolpho e Tulio (líbero)
Entraram: Denis e Ruan, Renan Lewandovski

Nenhum comentário:

Postar um comentário