segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Grand Prix: Brasil encara "pedreira" no primeiro jogo da fase final.


 Na abertura da fase final do Grand Prix, o Brasil enfrenta um dos favoritos ao título. O jogo contra as americanas acontece na madrugada de Quarta-Feira, às 3:30h, no Japão. Se analisarmos os pontos somados na primeira fase, as campanhas das duas seleções são idênticas no que se diz respeito ao número de vitórias: 8 pra cada lado. A equipe dos Estados Unidos, entretanto, tiveram pior pontuação por terem levado mais jogos para o quinto set.

 Não se deve esperar vida fácil contra as americanas, mesmo tendo vencido esse time na primeira fase por 3x1. Zé Roberto alerta para os pontos fortes do adversário e faz um panorama do que prevê enfrentar daqui 2 dias.

- Os Estados Unidos têm uma das melhores equipes da atualidade. É uma das seleções mais organizadas no seu sistema de jogo, tanto no ofensivo, quanto no defensivo. As jogadoras são extremamente aplicadas e concentradas. Essa é a equipe que vamos enfrentar. Para fazermos um bom jogo contra os Estados Unidos, temos que nos comportar da mesma maneira. É importante buscarmos um equilíbrio no nosso time na distribuição de funções. Nós já jogamos uma vez nessa temporada. Os dois times se conhecem muito bem. Será um jogo de muito volume e o grupo que tiver um melhor posicionamento no sistema defensivo levará vantagem - analisou o técnico.

Apesar de ser composto por jogadoras novas, com pouca experiência internacional, o time norte-americano parece se sentir muito tranquilo dentro de quadra.  Aplicadas taticamente, falta de entrosamento por causa do tempo não é motivo para a desconcentração do time que apresentou uma renovação incrível e ainda pode aproveitar muitas jogadoras da geração vice-campeã em Londres.




Nenhum comentário:

Postar um comentário