sábado, 10 de agosto de 2013

Grand Prix: Bulgária surpreende e bate Brasil por 3 a 1 em Porto Rico

 


A Bulgária terminou com a invencibilidade de 16 partidas em 2013 da seleção brasileira feminina de vôlei. Neste SÁBADO (10.08), as búlgaras venceram as brasileiras por 3 sets a 1 (25/22, 25/21, 20/25 e 25/21), em 1h46 de jogo, no Palácio de Recreación y Deportes, em Mayaguez, Porto Rico.
As atuais campeãs olímpicas têm agora quatro vitórias e uma derrota no Grand Prix. O Brasil buscará a reabilitação às 18h deste DOMINGO (11.08) contra Porto Rico. Os canais SporTV e Esporte Interativo transmitirão ao vivo.

Apesar da derrota, o Brasil teve a maior pontuadora da partida, a ponteira Fernanda Garay com 18 acertos. A central Fabiana, com 13, e a oposto Monique, com 12, também pontuaram bem para o time verde e amarelo. Pelo lado da Bulgária, atacante Rabadzhieva foi a jogadora que mais marcou pontos com 16 acertos.
                                          Bulgaria comemora boa atuação nos sets

O técnico José Roberto Guimarães lamentou a derrota, mas fez questão de parabenizar a equipe búlgara.
“Tenho que parabenizar a Bulgária. Elas fizeram uma partida muito boa. Nos pressionaram o tempo todo. Foram melhores do que o nosso time e mereceram a vitória. Agora, temos que pensar em melhorar para a partida de amanha”, disse José Roberto Guimarães.

A central Fabiana chamou a atenção para a importância dos três pontos na partida deste domingo contra Porto Rico.
“Não fomos bem em alguns fundamentos como o saque e o passe. Faltou agressividade para o nosso time. A Bulgária jogou solta e deixamos elas crescerem no jogo. No entanto, amanhã teremos uma partida importante contra Porto Rico e vamos jogar melhor. Precisamos desses três pontos para a classificação à Fase Final”, analisou Fabiana.
Pelo lado da Bulgária, o treinador Marcello Abbondanza estava satisfeito e feliz com a vitória sobre o Brasil.
“Conseguimos vencer um grande time. A felicidade é muito grande. Essa vitória é um passo muito importante para o nosso grupo que tem como objetivo a classificação para a Fase Final”, afirmou Marcello.

O JOGO
Brasil começou bem e fez 5/0. Com Fabiana e Fernanda Garay bem no ataque, as brasileiras foram para a primeira parada técnica com quatro de vantagem (8/4).A Bulgária cresceu e empatou (12/12). O saque e o ataque das búlgaras funcionavam e elas foram com vantagem para a segunda parada técnica (16/14). Juciely cresceu de produção e o Brasil virou (18/17). O jogo ficou disputado ponto a ponto, mas a Bulgária foi melhor no final e venceu o primeiro set por 25/22.
Brasileiras voltaram melhores para a segunda parcial e foram para a primeira parada técnica na liderança (8/5). O ataque búlgaro voltou a incomodar o Brasil e a Bulgária empatou (12/12). O set ficou disputado ponto a ponto. Com um bom volume de jogo, as europeias abriram três pontos. As búlgaras seguraram a vantagem até o final e venceram o segundo set por 25/21.

O terceiro set começou disputado. Com um ace de Dani Lins, o Brasil abriu dois (11/9). Na segunda parada técnica, as brasileiras tinham três de vantagem (16/13). O saque do time verde e amarelo voltou a funcionar e a diferença no placar aumentou (19/15). Com um contra-ataque de Pri Daroit, que entrou no lugar de Gabi no inicio da parcial, as brasileiras venceram o terceiro set por 25/20.
Bulgária começou melhor no quarto set e fez 10/7. O técnico José Roberto Guimarães trocou as centrais. Entrou Thaisa e saiu Juciely. O Brasil cresceu no bloqueio e empatou a parcial (12/12). A partir deste momento, a Bulgária voltou a dominar o marcador e fechou o set por 25/21 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES:
BRASIL – Dani Lins, Sheilla, Fernanda Garay, Gabi, Juciely e Fabi. Líbero – Camila Brait
Entraram – Monique, Pri Daroit, Thaisa e Michelle
Técnico – José Roberto Guimarães
BULGÁRIA – Kitipova, Dobriana, Ruseva, Vasileva, Filipova e Nikolova. Líbero – Filipova
Entraram – Nenova, Zarkova e Karakasheva
Técnico – Marcello Abbondanza
*De Mayaguez, Porto Rico, Vicente Condorelli

Um comentário: