quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Superliga: Monte Cristo fica mais perto da mudança para Montes Claros


Monte Cristo fica mais perto da mudança para Montes Claros

Está cada vez mais próximo o acerto de Monte Cristo, do estado de Goiás, com a cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, para a disputa da Superliga 2013/2014.

Nesta quarta-feira (21/08), em comunicado para a imprensa, o clube goiano destacou que nesta terça-feira (20/08), houve uma reunião entre o técnico e idealizador do projeto Paulo Martins e representantes da cidade mineira, incluindo o prefeito Ruy Adriano Borges Muniz

- Montes Claros quer abraçar o Monte Cristo. Para disputar a Superliga A pelo município mineiro a prefeitura ofereceu hotel para os atletas morarem, plano de saúde, ginásio e toda estrutura para a equipe, explica Paulo Martins. Além do apoio municipal, quatro empresários locais já sinalizaram ajudar nas finanças do time.
O Monte Cristo tem até a tarde de quinta-feira (22/08) para definir se aceita ou não a proposta da cidade mineira. 

Em Goiás, o time recebeu o apoio da Agência Goiana de Esporte e Lazer (Agel), que chegou a se comprometer com o valor de R$ 500 mil para 2013, por meio do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte (Proesporte), e mais R$ 1 milhão no orçamento de 2014. O compromisso foi firmado em junho, antes do envio de ofício confirmando a participação do time goiano na Superliga A. Mas, concretamente, houve a aprovação de R$ 100 mil e acréscimo de R$ 40 mil ao Projeto Voleibol Rumo à Série A do Monte Cristo, o que fez com que o projeto para a Superliga ficasse inviabilizado.

- Ainda temos a esperança de o nosso estado nos abraçar. O Monte Cristo é goiano e não quer se transferir, afirma Paulo. Ainda na tarde desta quarta-feira (21/08), a coordenação do Agel/ Monte Cristo tem reuniões com secretários de estado goianos com o objetivo de permanecer em Goiânia. 

Um comentário:

  1. Estou arrasada com o que está acontecendo com o Monte Cristo. Tanto que esperei por esta Superliga em Goiânia e tudo indo por água abaixo devido à ingerência total do Estado de Goiás! Que vergonha, senhor Marconi Perilo!

    ResponderExcluir