domingo, 18 de agosto de 2013

Superliga: Novo Calendário volta para a gaveta?


Segundo informações apuradas pelo colunista do Lancenet Daniel Bortoletto, a Superliga, que começaria em setembro, corre risco de ser postergada para o fim de outubro, mais precisamente dia 26. A proposta foi feita pela CBV aos clubes na semana passada, numa rodada de dois dias de reuniões. Ela não foi recebida com bons olhos pela maioria e gerou até discussões acaloradas entre defensores e críticos, em um dos encontros, em São Paulo.

A antecipação do início era um dos pilares do novo calendário, que foi discutida pela entidade, Rede Globo, clubes e representantes dos atletas por quase quatro meses. A intenção era deixar um espaço maior de descanso entre os jogos, permitindo assim que os times ficassem mais tempo em atividade durante o ano, além da criação de outros torneios, como a Copa do Brasil e o Jogo das Estrelas. Porém, o Mundial sub-23, nova competição internacional, fez com que a CBV revisse a ideia de começar a Superliga no próximo mês. A mudança surpreendeu clubes e atletas, tendo a adesão de poucos. Os demais reclamaram e se sentiram traídos, já que consideravam definitiva a alteração nas datas de início e fim da principal competição nacional.

O martelo não está batido, tanto que uma tabela provisória já foi confeccionada, mantendo o início em setembro. Nesta prévia, uma confirmação: o Volta Redonda vai seguir no torneio masculino, após atender as premissas da CBV para quitação de salários atrasados de alguns atletas. Clube e entidade, que brigavam na Justiça, já se entenderam e nos próximos dias o anúncio oficial será feito.

Opinião do blog: Sinceramente é um absurdo se esta mudança realmente ocorrer, pois a discussão dessas mudanças demandou um esforço enorme por parte dos atletas que participaram de diversas reuniões cansativas num trabalho de convencer a CBV e a rede Globo de que a mudança para a competição e também para os atletas. Essa volta atrás em nossa opinião seria muito infeliz, e ai o que vocês acham?

Um comentário:

  1. Acho que os torcedores deveriam se unir e começar um protesto contra essa palhaçada que a CBV e a Rede Globo fazem com o nosso voleibol. Essa mudança, se acontecer, só vai provar a falta de respeito para com os atletas da modalidade, aos clubes e patrocinadores e aos torcedores que, se não puderem ir ao ginásio ver seus times jogarem, tem de esperar a boa vontade da emissora em passar os jogos. Inaceitável!

    ResponderExcluir