terça-feira, 17 de setembro de 2013

Raio x: Barueri Volei





Barueri Vôlei - Nasce um novo e promissor time!

Depois de alguns anos de especulação, estudo de propostas e negociações a cidade de Barueri pode enfim comemorar o nascimento de seu time adulto. Com estrutura diferenciada e jogadoras de renome o Barueri Vôlei chega a Superliga disposto a fazer bonito na principal competição do país, o grupo que desde seu inicio já passou por adversidades parece estar bem unido e disposto a desempenhar o seu melhor em quadra, vamos conhecer um pouco mais:
Time de Barueri para temporada 2013/2014




Mauricio Thomas
 Técnico: Mauricio Thomas – Mauricio tem uma boa trajetória na competição nacional, o técnico que possui uma personalidade calma junto com uma didática diferenciada de comando já passou por diversos times como o extinto Brasil telecom, foi assistente técnico em Osasco e atualmente comanda a seleção Infanto juvenil Feminina, contente e determinado com o novo desafio o comandante volta a Superliga confiante no bom desempenho e na continuidade do projeto em Barueri.

Time Titular: Levantadora: Fernandinha (1,73, 1980) A Campeã Olimpica em Londres Fernandinha já tem uma longa jornada em sua carreira no vôlei, depois de passar por vários clubes de ponta nacional a armadora ficou boa parte de sua jornada no exterior em países como Itália e Azerbaijão, depois de uma passagem pela seleção nacional que lhe rendeu o titulo de campeã olímpica e de participar do projeto em Campinas Fernandinha encara o desafio de comandar e contribuir com sua experiência para esse novo time.
Renatinha e Fernandinha - principais nomes para temporada.
Oposta: Renata Colombo (1,81,1981) Renatinha como é conhecida no meio, é uma verdadeira Guerreira em quadra, a ex jogadora da seleção Brasileira venceu várias dificuldades dentre elas um câncer, e se tornou uma atleta de ponta, depois de uma passagem vitoriosa pelo time do Rio de janeiro e de passar anos no exterior a jogadora retornou a Superliga ano passado no time de São Bernardo onde não foi muito feliz, de time e animo novo a a atacante que é uma definidora nata busca voltar a sua melhor forma de jogo e ser um ponto de referência para esse time. 
Central 1: Fernanda Isis (1,90, 1984) Fe Isis é uma jogadora de muita personalidade dotada de bons fundamentos de ataque e bloqueio, depois de pegar experiência no time do Rio de Janeiro teve boas passagens pelo extinto Macaé e pelo Minas, seu ultimo clube, em Barueri Fe vem cheia de vontade para continuar crescendo de nível e ajudar seu time da melhor forma possível.
Central 2: Renata Maggione (1,90,1988) Renata é uma meio de rede alta e com um braço muito acelerado, sua principal qualidade em quadra, depois de passar por times como o extinto Banespa, Minas, Sesi e Campinas onde foi pouco aproveitada pelos dois últimos clubes por conta de uma lesão que a tirou pela busca da titularidade. De casa nova a meio de rede parece estar pronta para voltar a atuar em alto nível.
Ponteira 1: Thais Barbosa (1,80,1980) Thais é uma jogadora experiente e conhecida do cenário nacional, com uma boa técnica em seus fundamentos, principalmente o passe, a ponteira que tem passagens em times como São Caetano, Osasco e Minas também possui experiência internacional e deve ser um ponto de referencia e equilíbrio do seu time para a temporada.
Ponteira 2: Cibele Barbosa (1,80,1981) Cibele é uma clássica ponteira passadora, sua qualidade no passe é indiscutível, a atacante que nos últimos anos fez a sua carreira lá fora atuando em diversos times da Europa está de volta ao cenário nacional pronta pra mostrar serviço. 
Líbero: Thais Bruzza (1,74,1992) Thais é uma jovem libero que ficou conhecida defendendo as cores do Brasil na categoria Juvenil,  de lá pra cá fez parte do time de São Bernardo onde também atuou como atacante de volta a sua função original Thais encara o desafio de liderar o fundo de quadra dessa nova equipe.

Time treina duro para estreia na competição.
Time Reserva: Levantadora – Erika Adachi (1,74,1988) è uma jovem levantadora que iniciou sua jornada no vôlei nos times de base e na liga universitária Americana, de volta ao Brasil a armadora está feliz pela oportunidade de disputar sua primeira Superliga e aprender com Fernandinha. Oposta – Eduarda (1,86, 1993) Duda é uma jogadora alta e versátil, a ponteira/oposta saiu das categorias de base direto pro time de Pinheiros e logo depois para São Bernardo, dotada de bons fundamentos de rede como ataque e bloqueio Duda vem disposta a brigar por uma vaga de titular no time. Centrais - Jéssica Suelen (1,87, 1991) Jéssica é do grupo que atuava nos campeonatos regionais. Ponteiras – Carol Won Held (1,81,1992) Carol iniciou sua carreira nos times cariocas depois teve passagem pelo time do Rio de Janeiro, São Caetano e Praia Clube, boa nos fundamentos de fundo de quadra e com um ataque inteligente a jovem ponteira vem a somar para o grupo Paulista. Maria Isabel (1,60, 1985) Belzinha é uma libero que atuou nos campeonatos regionais.

Destaque: Atual Campeã olímpica e dona de uma boa técnica e muita experiência em quadra Fernandinha é o destaque desse novo time formado, a levantadora que é conhecida pela sua ousadia na hora de jogar e seu excelentes fundamentos de saque e defesa tem tudo o que a credencia para fazer uma ótima temporada pelo seu novo time, engajada com o projeto desde o inicio a armadora parece estar a vontade para liderar esse novo projeto.

Pontos Fortes: Olhando o time de vôlei de Barueri podemos destacar a principio sua excelente linha de passe, uma das melhores que temos na competição, junto com o passe a defesa e volume de jogo deve dar o ritmo desse time que conta com ótimas defensoras, a experiência de suas atletas e o talento de jovens jogadoras também deve ser um ponto positivo pro grupo.

Pontos Fracos: O que vai pesar negativamente para as comandadas de Mauricio Thomas será a virada de bola, com jogadoras com características mais defensivas do que ofensivas pontuar deve ser um dos pontos a desejar dessa equipe, a estatura de suas jogadoras e consequentemente a estrutura de bloqueio também deve contar adversamente para o time.

O que esperar do Vôlei Barueri? Muita defesa e muito volume de jogo, um time “certinho” dentro de quadra que vai incomodar muito a virada de bola das outras equipes, velocidade de ataque também não vai faltar no time de Mauricio Thomas, quanto ao espírito da equipe podemos notar que o time vem bem unido depois de passar por adversidades para concretização do projeto. Com a cidade de Barueri “adotando” esse time as jogadoras estão felizes e dispostas e dar o seu melhor em quadra em forma de retribuição, me arrisco a dizer que se cada atleta jogar o seu melhor o time pode sim brigar diretamente por uma vaga nos play – offs da Superliga.
Arena de Barueri

Estrutura: Com uma estrutura diferenciada das demais equipes e única no Brasil o Barueri conta com um complexo esportivo completo para sua equipe e uma arena excelente onde comandará seus jogos.  O “sportville“ oferece a suas atletas a oportunidade de moradia, alimentação e tudo mais que as jogadoras precisam para treino, feliz com o referencial o técnico Mauricio Thomas se mostra maravilhado com o que a equipe possui e promete fazer disso um fator positivo dentro de quadra.


Contato:  www.grbesportes.com.br

Elthon Carvalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário