domingo, 8 de setembro de 2013

Raio X: Maranhão Volei

 
Vôlei Maranhão – O representando do Norte/Nordeste do País

O VÔLEI NORDESTINO VOLTOU! Depois do extinto Sport Clube recife que revelou tantos talentos como Jaqueline e Dani Lins fechar as portas em algumas temporadas atrás o vôlei do norte/nordeste estava órfão de um time que os representasse, estava... Pois vem ai o projeto Maranhão vôlei que promete fazer bonito e preencher essa lacuna e mostrar a alegria e energia do seu povo nas quadras.

Técnico: Chicão – Chicão como é conhecido no meio é um técnico experiente, já dirigiu diversos clubes paulistas dentre eles o São Caetano Blausigel na época que o time era estrelado por Sheilla, Mari e Fofão, depois de sua passagem pelo extinto clube de Macaé na temporada retrasada Chicão está de volta encabeçando esse novo projeta, sua calma e seu jeito didático de se dirigir as atletas é a sua marca registrada.

Time Titular:
Levantadora: Yael Casteglilone (1,87,1985) – a Argentina Yael é um jovem talento no cenário mundial, ousada e com uma boa técnica assumiu o comando das armações de jogadas de sua seleção neste ciclo e vem desempenhando bem o seu papel, está feliz por jogar no Brasil e com muita vontade de mostrar serviço em campo.
Oposta: Elizabeth Hintemann (1,86, 1984) a Liz é uma oposta que fez sua carreira no exterior, filha de Alemãs com Brasileiros ela possui dupla nacionalidade, de volta ao Brasil Liz deve ser o ponto de apoio do time nas bolas de segurança.
Liz Hintemann
Central 1: Edneia (1,88, 1980) a experiente central que teve seu destaque quando jogava pelo Minas e recentemente passou por clubes como Osasco e São Bernardo chega ao Maranhão com a responsabilidade de passar experiência ao novo grupo formado.
Central 2: Dani Suco (1,85, 1986) Dani Suco foi destaque em Pinheiros quando despontou para times como Rio de Janeiro, Minas e Osasco, agora em busca da titularidade chega em Maranhão querendo mostrar o seu melhor voleibol.
Ponteira 1: Nikolle Del Rio (1,82, 1985) è uma ponteira tradicional, com equilíbrio em todos fundamentos, atuou em clubes do Sul do Pais e no extinto time de Recife, agora de volta ao cenário nacional Nikolle vem com a incumbência de comandar esse novo projeto.
Ponteira 2: Adriani: (1,87, 1993) Adriani é uma jovem jogadora, alta e forte vem pra dividir a responsabilidade de virar as bolas para o time Maranhense.
Libero: Alice (1,72, 1994) a caçula do time titular é uma uma aposta do vôlei maranhense para temporada.
Yael Casteglilone
Time Reserva: O time reserva do Maranhão vôlei é composto por jovens jogadoras do Norte e Nordeste do pais que ainda não atuaram no cenário nacional, como grande aposta do técnico Chicão que quer montar uma sólida equipe no Maranhão elas vem cheias de determinação para competição:
Levantadoras: Isabela Afonso (1,75,1992) Oposta: Amanda Caroline (1,80, 1991). Centrais: Adrian (1,87, 1993), Anne Caroliny (1,89,1992), Sofia Caroline (1,89,1996). Ponteiras: Raissa Lamar ( 1,75,1990), Jéssica Lorena (1,84, 1991) Nyeme Victoria (1,75, 1998) Franciele (1,80, 1991).

Destaque: sendo um time formado por jogadoras mais experientes com jogadoras bem novinhas e sem ter visto como o time se comportará em quadra fica difícil apontar um destaque individual nesse time, porém pelo momento que passa e por ter assumido a vaga de titular de sua seleção, podemos destacar inicialmente a levantadora Yael como destaque no time Maranhense.



O que esperar do Vôlei Maranhão?
O vôlei Maranhão como projeto já trás uma enorme alegria e junto com ela a responsabilidade de reapresentar uma área do pais que estava sumida da Superliga, com um time mesclado de jogadoras mais experientes com meninas muito novas o time chega empolgado para sua primeira superliga e promete fazer um bom papel dentro da competição, e afirmou Chicão que seu time será Guerreiro dentro de campo, além de contar com a torcida Maranhense:

“Humildade não tem preço. O carisma com o torcedor vai fazer com que o torcedor venha para nossos jogos, dar o carinho e o apoio para gente. A Superliga Feminina é um campeonato longo que começa em setembro e vai até março do ano que vem”.

Estrutura: O clube conta com uma boa estrutura de treino, e mandará seus jogos em São Luis do Maranhão no ginásio Outeiro da Cruz (castelinho) 

Time Sub - 23

Nenhum comentário:

Postar um comentário