quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Superliga: Competição está repleta de selecionáveis


Grande parte dos jogadores que estiveram com as seleções feminina e masculina na disputa do Grand Prix e da Liga Mundial estará na Superliga. Na equipe nove vezes campeã da competição feminina, apenas uma atleta, Fernanda Garay, atuará no exterior – na Turquia. No time masculino, os ponteiros Dante, que se transferiu para o Japão, e Lipe, que também estará no voleibol turco, serão os únicos ausentes da Superliga.

Se a Superliga estará sem três jogadores importantes, ela contará com outros nomes de peso na edição 2013/2014. Estarão de volta ao campeonato brasileiro as ponteiras Mari (Banana Boat/Praia Clube), Paula Pequeno e Érika (Brasília Vôlei), o oposto Leandro Vissotto (RJX), os ponteiros João Paulo Bravo e João Paulo Tavares (Brasil Kirin).

Após a temporada na Rússia, Vissotto volta não só ao Brasil, como à sua cidade.

- Quis voltar por uma série de motivos. A minha mulher engravidou e isso fez com que nós dois pensássemos em voltar. Depois, conversando com meus companheiros, eles me passaram que o nível da Superliga estava muito forte, com uma boa organização e isso animou mais ainda. E o fato de poder estar em casa, no Rio de Janeiro, claro, contribuiu mais ainda - comentou.

A mesma situação ocorreu com a ponteira Paula Pequeno, que depois de jogar na Turquia, volta para defender sua cidade natal.

- Vim para o Brasil sem fazer planos e surgiu essa oportunidade de jogar em Brasília. Com Sérgio Negrão, Leila e Ricarda por trás, é um projeto que já nasce profissional e aceitei esse convite com muita honra. Espero fazer uma Superliga maravilhosa - concluiu Paula Pequeno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário