sábado, 19 de outubro de 2013

Campeonato Paulista: Vôlei Amil tem sequência de cinco vitórias interrompida


O Vôlei Amil sofreu seu primeiro revés no Campeonato Paulista e teve interrompida a série de cinco triunfos consecutivos na competição. Na noite desta sexta-feira (18), em São Paulo, o time do técnico Zé Roberto caiu diante do Pinheiros, que venceu por 3 sets a 0, parciais de 21/17, 21/14 e 21/14, em 1h06min. Agora, a equipe de Campinas vai em busca da reabilitação no próximo domingo, em Osasco, às 21h30 (com Sportv), diante do Molico, no encerramento de sua participação na fase de classificação do Estadual em partida que vale a liderança.

Apesar do desgaste em função da verdadeira maratona de jogos em outubro (11 em 28 dias), o técnico Zé Roberto não colocou a culpa no cansaço das atletas. 


- O Pinheiros fez uma grande partida em todos os fundamentos. Sofremos com o saque que não entrou, ou seja, não fizemos a parte tática. Como elas jogaram com o passe na mão complicou para o nosso sistema defensivo - justificou o treinador - Quanto ao desgaste é coisa da competição. Sabíamos que seria assim. Temos que aproveitar essa derrota para avaliar o que ainda precisa ser melhorado e trabalhar para isso - resignou-se.

A capitã Walewska seguiu a mesma linha ao comentar o resultado.


- Não sacamos bem. Contra um time que joga em velocidade como o Pinheiros isso complica. Ficamos correndo atrás da bola o jogo inteiro e não conseguimos reagir. Temos que analisar tudo o que aconteceu aqui e corrigir para os próximos jogos - analisou. 

A levantadora Claudinha foi além. 

- Fizemos o que não vínhamos fazendo, cometer muitos erros. Nosso bloqueio e a defesa, que vinham bem, não funcionaram. Acho que acabamos perdendo um pouco a cabeça em quadra e nosso jogo não fluiu, mas bola para frente. A gente não desaprende o que sabe em uma partida.

Kristin, que fez sua estreia oficial pelo Vôlei Amil nesta sexta-feira revelou sentimentos conflitantes. 


- Foi uma partida decepcionante. O bloqueio delas estava quase perfeito e dificultou muito o nosso ataque. Por outro lado, estou feliz por estar em quadra defendendo esse time e jogando com essas atletas. Vamos crescer juntas, buscar as vitórias e lutar por título - enfatizou. 

Zé Roberto também espera que a ponteira norte-americana traga potência ofensiva e equilíbrio no passe, mas sabe que isso leva tempo. 

- A Kristin precisa se entrosar mais em quadra para ajustar posicionamentos e jogadas. Mas isso vem com o tempo e está seguindo dentro do contexto esperado. Ela vai evoluir com o grupo a cada partida. - comentou.

Em quadra, Tandara foi a maior pontuadora com 12 acertos, ao lado de Ellen, do Pinheiros. Carol Gattaz foi a segunda mais eficiente do Vôlei Amil, com oito pontos, seguida por Walewska e Natália, com seis cada uma. Kristin contribuiu com quatro e Ju Nogueira com dois.

O jogo - Com dois pontos de Natália, um ataque e um bloqueio, o Vôlei Amil fez 10/8 para abrir a que seria sua maior vantagem no primeiro set. A partir daí, o Pinheiros passou a contar com a ajuda dos muitos erros das visitantes para virar o marcador. Zé Roberto tentou fazer de tudo. Parou o jogo no 15/16 e no 15/18, promoveu a estreia da norte-americana Kristin, mas nada adiantou. O time de Campinas não conseguiu encontrar seu melhor jogo na parcial inicial e viu o clube da capital fechar em 21/17, após 22 minutos.

Kristin marcou seu primeiro ponto pelo vôlei Amil no primeiro ataque do segundo set para deixar tudo igual em 1/1. Mas o que parecia o prenúncio de uma reação não se confirmou. A ponteira norte-americana ainda derrubou mais duas bolas, enquanto Tandara fez mais quatro pontos, porém, as donas da casa dominaram a parcial. Apesar de muita luta, as tentativas das comandadas de Zé Roberto não surtiram efeito, paravam no bloqueio ou na defesa rival. Assim, foram superadas por 21/14, em 23 minutos.

O Vôlei Amil voltou disposto a reverter o placar no terceiro set. E conseguiu manter a disputa equilibrada e virar na frente no primeiro tempo técnico (7/6). Mas não era dia da equipe de Campinas. O Pinheiros tomou a dianteira na sequência e não deixou mais a liderança no placar. Enquanto Zé Roberto tentava estabelecer a ordem nos pedidos de tempo e à beira da quadra, o time não conseguia ser efetivo no ataque, nem parar as donas da casa no bloqueio ou defesa. O resultado foi de 21/14 na parcial e 3 sets a 0 para o clube de São Paulo.

O Vôlei Amil jogou com Claudinha, Ju Nogueira, Walewska, Carol Gattaz, Tandara e Natália, com Michelle como líbero. Entraram: Kristin, Stephany.

O Pinheiros jogou com Amanda, Lara, Ellen, Samara, Vivian e Andreia, com Léia como líbero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário