sábado, 12 de outubro de 2013

Club World Championship: “A final é outra história”, garante Bernardinho



Pela segunda vez em quatro partidas deste Mundial de Clubes, a Unilever vai precisar medir forças com o VakifBank. Do primeiro encontro, ainda na fase classificatória, as cariocas não guardam as melhores lembranças. Foram 3 a 1 para as turcas, além de uma má apresentação na conta.

Agora, no domingo (13), o duelo vale o título de melhor time do mundo.

- O jogo final é outra história. Precisamos ter 100% de concentração amanhã (domingo). O VakifBank é, certamente, um time forte. Acredito que há mais pressão nos nossos oponentes do que no nosso time. O aspecto mental deve fazer a diferença - disse Bernardinho.

Para chegar até a decisão do título, a Unilever precisou vencer o Volero Zurich na semifinal, etapa em que voltou a conviver com os altos e baixos. E é essa irregularidade que preocupa Bernardinho para o confronto com o VakifBank. Por isso, o treinador pede uma maior consistência às pupilas.

- Continuamos apresentando altos e baixos. Começamos bem contra o Volero, mas logo em seguida tivemos uma sequência de erros. Precisamos eliminar isso. A equipe precisa entrar em quadra mais tranquila para fazer uma partida digna do seu potencial. Temos que usar o entusiasmo a nosso favor - afirmou Bernardinho.

fonte: SaqueViagem.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário