segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Club World Championship: Para Bernardinho, Unilever não volta triste


A medalha de prata conquistada neste domingo (13), no Mundial de Clubes, não era, obviamente, o grande objetivo da Unilever. Mas a equipe carioca volta da competição realizada em Zurique, na Suíça, com a cabeça erguida, já que reconhece que o campeão VakifBank atualmente vive melhor fase e conta com um time mais consistente.

- Não tivemos a consistência necessária para vencer, mas não retornamos ao Brasil tristes. Óbvio que gostaríamos de ter vencido, nosso objetivo era esse, mas fica uma grande lição. Hoje (domingo), o time turco é o melhor do mundo. Elas jogam com muito volume, contam com uma levantadora muito talentosa e realmente estão fazendo um grande trabalho - elogiou o técnico Bernardinho.

Para o treinador, a Unilever ainda vai crescer na temporada, pois algumas jogadoras ainda estão se readaptando ao time e devem voltar, aos poucos, ao auge da forma.

- Tínhamos jogadoras ainda atuando abaixo do que podem. Não é culpa delas, pois estamos iniciando nosso trabalho. Por exemplo, a Gabi está extenuada. Ela veio de uma Superliga forte, atuou pela seleção juvenil, pela adulta e recomeçou a temporada. Com nossas jogadoras em melhores condições, podemos jogar melhor. E é isso que buscaremos - finalizou o treinador.

fonte: saqueviagem.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário