terça-feira, 22 de outubro de 2013

Superliga: Embalado pela liderança no Paulista, Vôlei Amil encara o Rio do Sul


Após confirmar a liderança do Campeonato Paulista com a vitória sobre o Molico/Nestlé, domingo (22), em Osasco, o Vôlei Amil segue em sua maratona de jogos no mês de outubro, desta vez pela Superliga. Nesta terça-feira (22), em Rio do Sul, Santa Catarina, às 20h15, a equipe do técnico Zé Roberto enfrenta as donas da casa. O confronto é válido pela terceira rodada do Nacional e, se confirmar seu favoritismo, o time de Campinas seguirá entre os primeiros colocados da competição. Com duas vitórias em duas partidas, aparece em terceiro lugar na classificação, com os mesmos seis pontos de Unilever e Banana Boat/Praia Clube.

Além das catarinenses, o desgaste será um grande adversário de Tandara, Natália, Walewska, Claudinha, Kristin e cia. A partida desta terça-feira será a quarta em apenas sete dias, com o detalhe de que as três anteriores foram clássicos paulistas. Na quarta-feira (16), o Vôlei Amil bateu o Sesi por 3 sets a 1. Na sexta (18), foi a São Paulo e acabou superado pelo Pinheiros por 3 a 0. E, no domingo (20), em Osasco, derrotou o rival Molico por 3 a 1. Nesta segunda-feira (21), a equipe pegou um avião para Navegantes (SC) e depois foi para Rio do Sul, de ônibus, para manter a média de entrar em quadra a cada 48 horas nesse final de mês.

Zé Roberto e sua comissão técnica têm tomado todos os cuidados para preservar as atletas, com cuidado especial na preparação física 


- Sabíamos que seria assim e estamos trabalhando para que elas suportem o desgaste deste período. O importante é que nosso time tem se comportado bem em quadra, buscando ajustar o posicionamento tático e o ajuste técnico, especialmente na relação bloqueio e defesa - diz o treinador, satisfeito com a postura de suas jogadoras na vitória diante do Molico - Foi o encerramento de nossa participação na fase de classificação do Paulista e a vitória foi muito importante. Agora é esperar os resultados dos outros times para vermos se essa posição de liderança se confirma e trabalhar para as finais - completa.

E mesmo com a preocupação com desgaste, Zé Roberto sabe que os jogos ajudarão a entrosar sua equipe, que ainda passa por ajustes. Com a entrada da norte-americana Kristin, que fez sua primeira partida como titular no domingo, na vitória sobre o Molico, Tandara assumiu a função de oposta. 


- A Kristin chegou há duas semanas e ainda precisa de tempo para conhecer melhor o funcionamento do time. E a Tandara está em nova função. Tudo isso ainda precisa de ajustes, que virão com mais partidas e, principalmente, com os treinos - afirma o treinador.

Tandara tem sido o destaque ofensivo do Vôlei Amil neste início de temporada. Ela já é a maior pontuadora da Superliga, com 37 pontos em dois jogos. Destes, 35 foram de ataque. Para a atacante, porém, mais importante que o desempenho individual é a atuação em conjunto. 


- Estamos muito unidas em quadra e o que vale são as vitórias, de preferência com todas jogando bem -  ressalta a oposta. 

Para Walewska, as jogadoras tem reagido muito bem à filosofia de trabalho de Zé Roberto. 

- Este grupo gosta de treinar, de estar junto. E nas dificuldades nos unimos para superar os desafios. Nossa postura, nossa atitude, na vitória sobre Osasco foi muito melhor do que na derrota para o Pinheiros e esse tipo de reação é importante e mostra quem somos - finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário