terça-feira, 29 de outubro de 2013

Superliga: Osasco arrasa Minas, continua invicto e mostra a força de Sheilla, a melhor em quadra



Diante de um Minas perdido dentro de quadra, Osasco mostra superioridade, mantém invencibilidade, com direito a parcial de 21/09.

O jogo, que aconteceu na noite de segunda, na capital mineira, foi 3x0 para as meninas de Osasco, com parciais de 21/12, 21/09 e 21/17.

Nos dois primeiros sets, uma confusão em quadra do lado do Minas. O passe não chegava nas mãos da levantadora Giovana, que tinha que usar as ponteiras sempre. Carla, jogadora de força, sentiu muito a pressão de bloqueio adversário, tanto que começou a largar e aliviar o braço, estratégia essa que não rendeu bons frutos ao Minas. No terceiro set, Alaina entrou no lugar de Stephanie. Após uma sequência de erros da americana, ela calibrou o ataque e começou a virar bolas com naturalidade. Maiara, que não fazia boas recepções, conseguia consertar o erro no ataque.

Entretanto, o atual vice-campeão da Superliga contava com a oposta Sheilla, que estava em noite inspirada e, além de VivaVôlei da partida, foi a maior pontuadora. No terceiro set, quando a situação estava um pouco mais difícil, Fabíola acionava Sheilla, inclusive pelo fundo, e a atacante era efetiva. Caterina Bosetti e Fabíola ainda não se entenderam completamente. A atacante ora bate uma bola mais curta (que não esperava), ou então a levantadora chuta a bola, e a italiana tem que concertar o movimento para atacar, fazendo um movimento de deslocar o tronco um pouco estranho. Ainda há tempo para as duas se acertarem, já que ambas são jogadoras competentes. Sanja parece estar um pouco mais em conexão com o levantamento de Fabíola. Isso deve ocorrer pela altura que a jogadora sérvia alcança.

Sobre o desfalque da noite, a central Thaísa, sua substituta, Larissa Gongra, soube cumprir a função e não deixou nada a desejar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário