quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Superliga: Rio de Janeiro arrasa Juiz de Fora e mantém 100%

Marcello Zambrana/inovafoto

No encontro entre um dos três invictos e um dos cinco times sem vitória na Superliga masculina, deu a lógica. Diante de um público razoável no ginásio do Tijuca, nesta terça-feira, o Rio de Janeiro atendeu ao desejo do levantador Bruninho, derrotou o Juiz de Fora por 3 sets a 0, e manteve 100% de aproveitamento no complemento da quarta rodada. Com a quarta vitória, com parciais de 21/15, 21/13 e 21/15, os atuais campeões chegaram aos 11 pontos e tomaram o segundo lugar de Campinas. O Cruzeiro segue na liderança.

As duas equipes voltam à quadra neste sábado pela quinta rodada. Os cariocas enfrentam o São Bernardo, às 21h30m, no ABC paulista, e a equipe mineira busca a primeira vtória contra o time de Montes Claros, em Juiz de Fora, às 18h.

O JOGO
Desfalcado apenas do central Riad, que está em fase final de recuperação de uma lesão no ombro direito, o Rio de Janeiro começou a partida arrasador. Abriu 8/2 rapidamente e obrigou o técnico Chiquita a pedir tempo. A parada deu resultado e esfriou as donos da casa. Arriscando tudo no saque, o time mineiro conseguiu buscar o jogo e diminuiu a diferença para 11/8.

Se o saque do time de Juiz de Fora bagunçou por instantes o passe do Rio de Janeiro, o bloqueio carioca também incomodava. E muito. Com seis pontos dos centrais Maurício e, principalmente, de Ualas, os donos da casa estiveram implacáveis na rede e seguraram a reação mineira. A vantagem foi aumentando e chegou a 20/12, até o Rio de Janeiro fechar o primeiro set por 21/15, em 22 minutos.

A segunda parcial começou bem mais equilibrada. Sem a mesma potência ofensiva e eficiência no bloqueio, a equipe carioca ficou atrás do placar até o quarto ponto. O time mineiro, porém, não aproveitou os erros dos donos da casa e permitiu a virada antes da primeira parada técnica.

Com 7/5 no marcador, a equipe comandada por Marcelo Fronckowiak recuperou a confiança e aumentou a vantagem, chegando ao segundo tempo técnico liderando o placar por 14/10. A virada mexeu com os visitantes, que passaram a cometer os mesmos erros do primeiro set. Melhor para o Rio de Janeiro, que foi abrindo frente até fechar o set por 21/13 sem maiores dificuldades, em 21 minutos.

Mesmo com um prejuízo de 2 sets a 0 contra, o time de Juiz de Fora não se deu por vencido e pela primeira vez na partida chegou à parada técnica na frente (7/6). E assim se manteve até o décimo ponto. Mas foi só. Daí em diante, os donos da casa retomaram a liderança, não deram mais chances para os adversários e com um lindo bloqueio de Maurício fecharam o set por 21/15 e o jogo por incontestáveis 3 a 0.

fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário