terça-feira, 22 de outubro de 2013

Superliga: Rio do Sul traça estratégias para tentar segurar o Vôlei Amil


A obediência ao esquema tático poderá ser decisiva para conquistar um, dois ou até mesmo três sets e a vitória em jogo que Rio do Sul/Equibrasil disputa contra o Vôlei Amil (SP) na noite desta terça-feira no ginásio Artenir Werner.

A opinião é da ponta Priscila que, mesmo sabendo que o time de Campinas tem amplo favoritismo pela presença de grandes estrelas do voleibol mundial, surpresas são sempre possíveis. A jogadora foi uma das que mais pontou na derrota na semna passada diante do Sesi-SP pela segunda rodada do campeonato nacional. E ela garante que o empenho do time pode fazer a diferença.

- A gente aprende cada vez mais e estamos mais entrosadas. Evoluímos em relação à estreia e se a gente cometer menos erros e seguir a tática traçada nos treinamentos podemos pensar em vencer sets. O foco é ponto a ponto - explicou a jogadora mineira.

Para o desafio diante do time comandado por Zé Roberto Guimarães, Rogério Portela de Rio do Sul reforçou os treinamentos de bloqueio e ataque na véspera do jogo.

- Tandara, Natália, Carol Gattaz, Walewska e a americana Kristin Richards são ótimas jogadoras. Todo o conjunto do Vôlei Amil é eficiente. A gente vai ter que seguir a risca os nossos treinamentos e ter muita concentração para tentar anular as principais jogadas delas - salientou o treinador.

O jogo em Rio do Sul é válido pela terceira rodada da Superliga e Rio do Sul/Equibrasil teve duas derrotas até o momento na competição. Os ingressos para o jogo custam R$ 12 e estão a venda em pontos como a Fundação Municipal de Desportos, Vida Ativa, Nikel Sports, Lourival Esportes e Postos R4. Na hora do jogo, a entrada custa R$ 15. A partida terá transmissão ao vivo em vídeo pelo site da CBV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário