domingo, 24 de novembro de 2013

World Grand Champions Cup: Rússia vence EUA e fica com a prata

Tudo pesava contra a Rússia na partida de despedida da Copa dos Campeões, neste domingo (24), contra os Estados Unidos. A falta de motivação, após o Brasil ficar com o título, era um dos problemas a ser contornado. Assim como o cansaço provocado pela disputa de um tie-break no dia anterior.

Os campeões olímpicos, porém, superaram tudo isso e jogaram muita bola diante da turma de Anderson, que entrou em quadra com chances de compor o pódio. Agressivos desde o saque, os russos aplicaram 3 sets a 0 (29/27, 25/22 e 25/19) e garantiram a medalha de prata. Com o resultado, os italianos ficaram com o bronze em Tóquio.

Com Pavlov e Sivozhelez entre os titulares, a Rússia fez a linha de passe dos Estados Unidos sofrer a cada saque. A estratégia foi benéfica ao bloqueio, que parou os estadunidenses por nove vezes. Não bastasse, a pressão fez a equipe de Anderson e Priddy errar além da média. Ao todo, foram 27 pontos cedidos, ante 20 dos rivais.

O ponteiro Ilinykh foi um dos protagonistas do sucesso russo. No bloqueio, se saiu melhor que qualquer central e marcou cinco vezes. No total, deixou sua marca em 13 pontos. Com 11 cada, Sivozhelez e Muserskiy vieram logo na sequência. Já Anderson, sempre ele, foi o artilheiro dos Estados Unidos, fruto dos 14 acertos registrados.

A derrota para os russos, a terceira em cinco jogos, jogou os norte-americanos para a quinta posição geral, à frente apenas do Japão, o lanterna. Isso porque o Irã venceu os organizadores da competição por 3 a 0 (25/17, 25/18 e 25/14) e chegou aos sete tentos, um a mais que os Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário