sábado, 4 de janeiro de 2014

Mercado Nacional: Ponteiro Bob deixa Montes Claros Vôlei, mas diretoria nega crise financeira


O ponteiro Bob do Montes Claros Vôlei  despediu, nesta sexta-feira, 3, de Montes Claros e do sertão norte-mineiro. O jogador embarcou com destino ao Irã, onde irá defender um time que não teve o nome divulgado. Apesar da saída do atleta, o diretor do Montes Claros, Paulo Martins, desmente especulações sobre possível crise financeira e afirma que o time apenas não pode cobrir a proposta feita para o ponteiro. 
No início do projeto de vinda para o Norte de Minas, o orçamento do Montes Claros Vôlei era de R$ 2,5 milhões e caiu para R$ 1 milhão.

 - O time não está em crise. Vivemos como uma empresa que possui um orçamento justo. Estamos procurando trabalhar da melhor forma - completa Martins. 

Ainda segundo o diretor, a saída do ponteiro não foi motivo de surpresa.  - Ele atuaria, enquanto não aparecesse outro contrato- explica Paulo Martins.

Em conversa com o Globoesporte.com, o líbero do MOC Vôlei, Tiago Brendle, também comentou sobre a situação financeira do time.

- O time veio para essa cidade (Montes Claros) e sofreu financeiramente, mas alcançamos a estabilidade. Somos o 12º orçamento da Superliga e estamos na 9ª posição da tabela, o que é normal para o momento. 

Além do ponteiro Bob, desde que o time chegou a cidade norte-mineira, outros cinco jogadores também saíram da equipe, o que, segundo Tiago Brendle, causou uma considerável perda, pois três deles eram titulares, o Túlio, Vanderson e o Bob.
Nono colocado
O Montes Claros Vôlei ocupa a nona colocação na classificação da Superliga. Situação que agrada o diretor.
- Foi um resultado satisfatório. Éramos um time desacreditado, ganhamos de grandes equipes, trabalhando dia a dia. Além disso, transformamos jogadores que não tinha tanto destaque, como o Túlio e Vanderson – comenta Martins. 
Martins afirmou ainda que o Montes Claros Vôlei já sonda e negocia com alguns jogadores para a temporada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário